Tablet com tela de 8,9 polegadas com conexão apenas Wi-Fi passará a custar o equivalente a R$ 530 nos EUA

Reuters

SAN FRANCISCO - A Amazon informou nesta quarta-feira (13) ter cortado o preço de seu maior modelo de seu tablet Kindle Fire, parte de um esforço da maior varejista de internet do mundo para colocar o dispositivo nas mãos do máximo possível de consumidores.

Kindle Fire HD, da Amazon, fica mais barato nos EUA
Getty Images
Kindle Fire HD, da Amazon, fica mais barato nos EUA

A Kindle Fire HD, de 8,9 polegadas e com tecnologia de acesso à rede local sem fio (Wi-Fi), agora terá preço de US$ 269 (cerca de R$ 527) nos Estados Unidos, ante US$ 299 (cerca de R$ 586) anteriormente. A versão com acesso à rede 4G será vendida a 399 dólares, comparado a US$ 499 (cerca de R$ 782) antes, disse a Amazon.

A Amazon está lançando seu tablet maior no Reino Unido, Alemanha, Itália, Espanha e Japão. Dave Limp, presidente da divisão do Kindle, disse que a companhia aumentou a produção dos dispositivos em conjunto com o lançamento internacional.

O custo de produzir tablets caiu devido às economias obtidas com o aumento da escala, permitindo que a Amazon corte preços, disse ele.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.