Sundar Pichai substituirá Andy Rubin como chefe da divisão do Android; executivo deve assumir novo cargo dentro da própria empresa em breve

Reuters

Andy Rubin, do Google, deixa a chefia da divisão de Android
Getty Images
Andy Rubin, do Google, deixa a chefia da divisão de Android

SÃO FRANCISCO - O Google nomeou Sundar Pichai para substituir Andy Rubin como chefe da divisão do Android, plataforma que em poucos anos superou a da Apple como o software de aparelhos móveis mais usado no mundo.

LEIA TAMBÉM:
Smartphones com Android fazem iPhone "comer poeira" no Brasil, diz estudo

"Avançando, Sundar Pichai vai chefiar o Android, além do trabalho com o Chrome e aplicativos. Sundar tem talento para criar produtos que são tecnicamente muito fáceis de usar e gosta de desafios", afirmou o presidente-executivo do Google, Larry Page, em post nesta quarta-feira.

Rubin, que faz o Android uma plataforma usada pela maioria dos grandes fabricantes mundiais de aparelhos móveis, da Samsung à HTC , "começará um novo capítulo no Google", afirmou Page, sem entrar em detalhes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.