Desenvolvedores poderão lucrar até quase R$ 4 mil se submeterem 10 aplicativos para Windows Phone 8 e 10 aplicativos para Windows 8 até o final de junho

*Atualizada em 21/03/2013 às 08h23 com a informação de que o programa de incentivo da Microsoft só é oferecido aos desenvolvedores dos EUA.

A Microsoft está oferecendo US$ 100 (cerca de R$ 198) para os desenvolvedores para cada aplicativo que eles submeterem às lojas de aplicativos para smartphones com Windows Phone 8 e computadores e tablets com Windows 8. O pagamento, que será realizado para todos os desenvolvedores que enviarem seus programas até 30 de junho, tem o objetivo de aumentar rapidamente o número de aplicativos disponíveis nas lojas da Microsoft.

LEIA TAMBÉM:
Como ganhar dinheiro com aplicativos para iPhone e Android

Desenvolvedores poderão ganhar até US$ 2 mil ao ajudar Microsoft a aumentar número de aplicativos na loja
Getty Images
Desenvolvedores poderão ganhar até US$ 2 mil ao ajudar Microsoft a aumentar número de aplicativos na loja

O número de aplicativos desenvolvidos para Windows 8, nova versão do sistema operacional da empresa que está presente em desktops, notebooks e tablets, ainda não foi divulgado pela Microsoft.

Para Windows Phone, a empresa afirma que existem mais de 120 mil aplicativos, número pequeno em comparação com outras plataformas como iOS e Android, que já oferecem mais de 700 mil aplicativos.

No total, de acordo com a política da Microsoft, os desenvolvedores que submeterem 10 aplicativos ou mais no período da promoção, poderão lucrar até US$ 2 mil (cerca de R$ 4 mil) em pagamentos. O valor, segundo a Microsoft, não é pago em dinheiro, mas em um cartão virtual pré-pago com a bandeira Visa, que pode ser usado em diversas lojas de comércio eletrônico em todo o mundo.

De acordo com a política da Microsoft, aplicativos "clones" de outros já disponibilizados nas lojas virtuais não são elegíveis para receber o prêmio. Além disso, a Microsoft oferecerá o prêmio apenas para os desenvolvedores dos 10 mil primeiros aplicativos submetidos para ambas as lojas no período da promoção. A empresa começou a credenciar desenvolvedores por meio de um site oficial a partir do início de março. O programa de incentivo só está disponível para desenvolvedores dos EUA.

Desde o lançamento dos primeiros smartphones com Windows Phone, a Microsoft tenta se aproximar dos desenvolvedores para aumentar a quantidade de aplicativos existentes nas lojas. Ao contrário do Google Play, loja de aplicativos para dispositivos com Android, a empresa verifica todos os aplicativos enviados pelos desenvolvedores antes de disponibilizá-los para download dos usuários.

Disputa com a BlackBerry

Além da Microsoft, a BlackBerry é outra empresa que tenta atrair os desenvolvedores de aplicativos com dinheiro. No ano passado, a empresa anunciou que, se os desenvolvedores não receberem pelo menos US$ 10 mil pela venda de seus aplicativos no BlackBerry World no período de um ano, a empresa se compromete a pagar a diferença.

As duas empresas disputam o terceiro lugar no ranking de plataformas de smartphones mais populares, atrás do Android e do iPhone, mas o objetivo passa por popular suas lojas virtuais com mais opções de aplicativos, inclusive de serviços populares em outras plataformas, como o Instagram. No caso da BlackBerry, a empresa também criou uma camada de software que permite rodar aplicativos originalmente desenvolvidos para Android após alguns ajustes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.