Em novo relatório, consultoria IDC mostra que tablets ganharão maior importância e devem superar também os notebooks em 2014

O número de tablets vendidos em todo o mundo deve superar, pela primeira vez em 2013, o número de computadores de mesa (desktops) vendidos pelos fabricantes. De acordo com um novo estudo da consultoria IDC, enquanto as vendas globais de tablets devem crescer 48,7% ao longo de 2013, os fabricantes venderão 4,3% menos desktops neste ano. Em 2014, o IDC prevê que as vendas de tablets devem também superar a de notebooks.

LEIA TAMBÉM:
Com Windows 8, desktops tudo-em-um ganham espaço
Em crise de identidade, fabricantes apostam em híbridos de tablet e notebook

"Em países emergentes, os consumidores começam comprando um celular e, em muitos casos, compra um tablet antes de comprar um PC", diz Megha Saini, analista de pesquisa da IDC, em um comunicado. No Brasil, a venda de tablets cresceu 171% em 2012, de acordo com estudo da IDC divulgado nesta terça-feira (26).

Veja abaixo alguns dos tablets mais badalados do mercado

A IDC estima que a quantidade de tablets vendidos em todo o mundo triplique até 2017, elevando o mercado global desses produtos a US$ 125 bilhões (cerca de R$ 251 bilhões). As vendas de smartphones, por outro lado, devem dobrar no mesmo período, chegando a um valor total de US$ 462 bilhões (cerca de R$ 929 bilhões).

Em 2017, por outro lado, o mercado continuará a encolher para os computadores. De acordo com a IDC, as vendas de notebooks devem apresentar um pequeno crescimento, de apenas um dígito, enquanto os desktops continuarão a apresentar crescimento cada vez menor nas vendas nos próximos anos, com quase nenhum crescimento em 2017.

Apple se aproxima da Samsung

A venda de equipamentos conectados monitorados pela IDC -- que inclui computadores de mesa, notebooks, tablets e smartphones -- aumentou, em conjunto, 29,1% durante o ano de 2012, ultrapassando 1 bilhão de unidades vendidas. "A expansão do mercado foi largamente direcionada pelo crescimento nas vendas de tablets, que superaram 128 milhões em 2012", diz a IDC, em comunicado.

Somente no quarto trimestre de 2012, o total de equipamentos conectados alcançou 378 milhões de unidades vendidas. Neste período, a Apple se recuperou em relação à Samsung, segundo a IDC, com a ajuda do iPhone 5 e do iPad Mini: a empresa ficou com 20,3% da participação no total de equipamentos monitorado pela IDC, enquanto a Samsung fechou o quarto trimestre com 21,2% das vendas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.