Desempenho do sistema da Microsoft melhora onde a força de marca da Nokia é maior

Em texto publicado na última terça-feira (26) no blog oficial da Microsoft, Frank Shaw, executivo de Comunicação da empresa, mencionou que a plataforma Windows Phone estaria superando o iPhone em sete países, em volume de vendas. Mas Shaw não mencionou quais seriam esses países.

Em entrevista ao New York Times , o analista Kevin Restivo, da IDC, deu mais detalhes sobre o assunto. Segundo o analista, os sete países são Argentina, Índia, Polônia, Rússia, Ucrânia, África do Sul e, por fim, um grupo de pequenos países do leste europeu incluindo a Croácia que o IDC classifica como uma só região.

O analista observa que alguns mercados são bem pequenos. Na Ucrânia, África do Sul e região do leste europeu, a Microsoft precisou de menos de 100 mil unidades vendidas no último trimestre de 2012 para passar o iPhone. 

Restivo também observou que em alguns países, como na Argentina, as taxas de importação são muito altas, o que gera um mercado cinza de aparelhos importados ilegalmente. Nesses países o instituto não consegue medir com precisão a fatia de mercado de cada fabricante. O analista afirmou ainda que o desempenho do WIndows Phone tende a ser melhor em países em que a marca Nokia (a principal fabricante de aparelhos com Windows Phone) é mais conhecida.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.