Comunicado veio após duas semanas de críticas da mídia chinesa

Reuters

Por Terril Yue Jones

PEQUIM, 1 Abr (Reuters) - O presidente-executivo da Apple, Tim Cook, se desculpou nesta segunda-feira com os consumidores chineses pela confusão sobre a política de garantia após mais de duas semanas de críticas da mídia chinesa em seu serviço de pós-vendas.

A Apple está revisando suas garantias para o iPhone 4 e o iPhone 4S e simplificando sua explicação sobre garantias e procedimentos para os consumidores darem suas opiniões, disse Cook em uma carta no site da empresa na China.

"Nós estamos cientes de que, devido a uma comunicação externa suficiente, alguns consideram que a atitude da Apple é arrogante, desatenta ou indiferente à opinião dos clientes", disse Cook.

"Nós expressamos nossas desculpas sinceras por causar aos clientes qualquer mal-entendido ou temor", adicionou.

As críticas à Apple começaram em 15 de março com a difusão de um programa anual na China Central Television sobre direitos e segurança dos consumidores.

Agora a Apple vai substituir os modelos iPhone 4 e 4S comprados na China com novos modelos em caso de tais reparos, junto com uma nova garantia de um ano, disse Cook em sua carta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.