Autoridades investigam possível envolvimento da empresa em vazamento de informações confidenciais de sua rival, a LG

Na última quinta-feira (9), autoridades policiais da Coreia do Sul realizaram uma operação de busca e apreensão na sede da Samsung. O objetivo era encontrar documentos relacionados ao desenvolvimento da tecnologia OLED, usada em telas de smartphones, TVs e outros aparelhos.

A polícia coreana investiga um vazamento de informações sobre tecnologia OLED pertencentes à LG. O vazamento teria sido feito por funcionários de uma empresa parceira da LG, e a polícia investiga se a Samsung teria alguma relação com o caso.

À agência Bloomberg , a Samsung confirmou a operação policial, mas negou o roubo de informações. "Não temos motivo algum para roubar tecnologia de outras empresas, já que nossa tecnologia é a melhor do mercado", disse o executivo Jun Eun Sun.

Desde o ano passado, as duas empresas trocam acusações mútuas sobre roubo de informações. Em julho do ano passado, seis funcionários da LG foram indiciados sob suspeita de terem roubado informações sobre tecnologia OLED pertencentes à Samsung.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.