Ferramenta de gestão de contas inativas permite definir o que empresa deve fazer com dados pessoais após período prolongado sem acesso

O Google lançou uma nova ferramenta que permite que os internautas definam o destino de sua conta nos serviços após um período prolongado de tempo -- o que pode indicar, por exemplo, a morte do usuário. O novo recurso pode ser acessado por meio da páginas de configurações da conta do Google, usada para acessar todos os serviços da empresa, como o Gmail, Blogger, Google+ e YouTube.

LEIA TAMBÉM:
Como cancelar o perfil de falecidos no Facebook e no Twitter

Google lança gerenciador de contas inativas
Reprodução
Google lança gerenciador de contas inativas

Para configurar, o usuário deve definir um período de tempo de inatividade, quando o sistema deve tomar as ações definidas, que pode ser de três, seis, nove ou doze meses. Quando este período terminar, o Google enviará uma mensagem de texto (SMS) para o celular cadastrado pelo usuário e para um endereço de e-mail secundário.

Se o internauta não responder, o sistema poderá tomar as providências que foram definidas pelo usuário "em vida". "Esperamos que este novo recurso permita que os usuários possam planejar sua vida digital após a morte", diz a empresa, no blog oficial. O novo recurso já está disponível em português.

O serviço permite, por exemplo, configurar o sistema para permitir o acesso de um amigo ou familiar. O sistema pode notificar até 10 pessoas de que sua conta está inativa por um período prolongado. Depois, o Google verificará alguns dados pessoais do usuário com a pessoa indicada, como número do celular e endereço de e-mail. O usuário pode avisar essas pessoas sobre o que deve ser feito com seus dados pessoais se algo acontecer.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.