Custo de fabricação dos produtos pode se tornar até US$ 80 mais alto, mas subsídio da Intel deve evitar que consumidor pague mais caro

A Intel pode estabelecer o uso de tela sensível ao toque em ultrabooks como um padrão para os fabricantes que lançarem novos produtos que se enquadrem nesta categoria no futuro. Até agora, os computadores deste tipo podem ter ou não o recurso. O custo para produzir ultrabooks com tela sensível ao toque é entre US$ 70 e US$ 80 mais alto.

De acordo com fontes do site Digitimes , a terceira geração de ultrabooks com a nova especificação devem chegar ao mercado no início de junho, depois do lançamento da nova geração de chips da Intel, conhecida como Hashwell.

A procura por painéis com tecnologia sensível ao toque criou uma escassez de cerca de 20% no mercado global, de acordo com o Digitimes, o que mantém os preços altos. Contudo, ainda não é possível estimar se o preço ao consumidor para comprar ultrabooks aumentará, já que a Intel oferece subsídios para os fabricantes. Recentemente, segundo o Digitimes, a Intel aumentou o valor do subsídio aos fabricantes em 20%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.