Acessório Leap será vendido junto com alguns computadores da marca em breve, mas tecnologia pode ser embarcada em novos modelos

A Leap Motion, empresa que fabrica um acessório que reconhece gestos e os transforma em comandos para programas instalados no computador, anunciou nesta terça-feira (16) que firmou uma parceria com a HP. A fabricante de computadores começará, em breve, a oferecer o Leap junto com alguns de seus computadores e, no futuro, integrará a tecnologia em alguns de seus novos computadores.

LEIA TAMBÉM:
Startup desafia Microsoft com primeiro rival do Kinect para Windows

"Nosso foco na Leap Motion é melhorar a forma como as pessoas interagem com seus dispositivos e oferecer tantas opções quanto possível para alcançar este objetivo", disse Michael Buckwald, CEO da Leap Motion, em comunicado. 

Sensor do Leap Motion detecta movimentos do usuário
NYT
Sensor do Leap Motion detecta movimentos do usuário

De acordo com as duas empresas, os computadores da HP que oferecerem o acessório Leap já virão com o aplicativo da loja de aplicativos compatíveis com a tecnologia pré-instalada. A loja é chamada de Airspace. Desde o ano passado, antes mesmo do lançamento oficial do produto no mercado, a Leap Motion distribui kits de desenvolvimento para desenvolvedores para aumentar o número de aplicativos compatíveis com a interação por gestos.

A tecnologia

Segundo Buchwald, o Leap identifica o movimento dos 10 dedos individualmente em um espaço de interação 3D de 0,22 metro cúbico. A tecnologia por trás do dispositivo, segundo a empresa, torna o produto 200 vezes mais preciso do que o Kinect. “Nossa tecnologia é a única focada em trazer o controle por gestos para o computador, em vez de tentar adaptar o que foi desenvolvido para TV”, disse Buchwald, em entrevista ao iG , em julho de 2012.

O Leap funciona em computadores com Windows, MacOS e, em breve, terá suporte para Linux. O objetivo de longo prazo, porém, é permitir que os usuários interajam por meio de gestos com carros, eletrodomésticos, smartphones, tablets e outros dispositivos. “Nossa visão é de que, em um futuro próximo, nossa tecnologia possa ser usada na maioria dos eletrônicos”, disse Buchwald.

O aparelho custa US$ 70 (cerca de R$ 142) e está à venda nos Estados Unidos desde dezembro de 2012. “Adotamos um método de detecção de movimentos bastante baseado em software e o dispositivo, em si, é simples, o que nos permite oferecer uma tecnologia mais avançada, mas por um preço mais baixo”, disse Buchwald, na entrevista.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.