Microsoft se diz satisfeita com vendas do sistema operacional, mas analistas de mercado e fabricantes de PCs não estão tão otimistas

Em texto publicado no blog oficial da empresa nesta terça-feira (7), a Microsoft afirmou que o sistema Windows 8 atingiu a marca de 100 milhões de licenças vendidas. Esse número inclui tanto licenças embarcadas em novos PCs e tablets quanto licenças usadas em atualizações de computadores com Windows 7 e outras versões do sistema.

Siga o iG Tecnologia no Facebook

Com 100 milhões de licenças vendidas, o desempenho do Windows 8 é similar ao do Windows 7. Lançado em outubro de 2009, o Windows 7 também chegou às 100 milhões de licenças vendidas em seus primeiros seis meses no mercado. Vale ressaltar, entretanto, que o Windows 7 estava presente apenas em PCs e notebooks, enquanto o Windows 8 está também em tablets, um mercado em ascenção. Vale observar também que o mercado de PCs em 2009 era menor do que em 2012.

Veja desktops tudo-em-um com Windows 8

No comunicado publicado pela Microsoft, Tami Reller, principal executiva da divisão de Windows, disse que a empresa está satisfeita com as vendas do Windows 8. Mas outras fontes de mercado discordam. Um relatório recente do IDC apontou uma forte queda na venda de PCs e notebooks , e o Windows 8 foi considerado um dos culpados. Por outro lado, analistas esperam que o Windows 8 ganhe fôlego quando o setor corporativo começar a atualizar seus computadores para o novo sistema. Este processo porém, é lento. 

Tablets

Na área de tablets, fabricantes como Samsung, Acer e Dell tem manifestado um certo desânimo com as vendas iniciais do sistema, principalmente da versão RT (versão criada especificamente para tablets e que não roda programas comuns do Windows). 

Demanda por tablets com Windows é fraca, diz Dell

Um estudo recente da consultoria Strategy Analytics apontou que 3 milhões de tablets com Windows foram vendidos no primeiro trimestre deste ano . Esse número inclui tablets da linha Surface, da própria Microsoft, e de fabricantes como Acer e Lenovo. 

Com esse desempenho, o Windows conquistou uma pequena fatia (de 7,5%) do mercado de tablets, mas ainda está muito longe do iPad e dos aparelhos com Android. Como comparação, a Apple vendeu 19,5 mihões de iPads no mesmo período e os fabricantes de aparelhos com Android totalizaram 17,8 milhões de unidades produzidas. 

Windows Blue

A Microsoft confirmou também os rumores sobre o Windows Blue, primeira grande atualização do Windows 8. A empresa não entrou em detalhes sobre os novos recursos, mas afirma que a atualização deve corrigir alguns dos pontos fracos do sistema apontados pelos usuários.  

Sites especializados afirmam que o Windows Blue trará de volta o botão Iniciar e permitirá que o computador entre diretamente no modo desktop. Atualmente, computadores com Windows 8 iniciam somente na nova interface do sistema.

O Windows Blue permitirá também a criação de tablets menores , com telas na casa de 7 polegadas. Com isso, a Microsoft finalmente terá produtos nessa categoria, que tem sucessos de venda como o iPad Mini, da Apple, e o Nexus 7, fabricado pela Asus em parceria com o Google. O Windows Blue deve ser apresentado no fim de junho, durante uma conferência para desenvolvedores da Microsoft.

Números

No comunicado, a Microsoft também publicou outros números de seus serviços, a saber:

- 2.400 produtos certificados para rodar Windows 8 ou Windows RT

- 250 milhões de aplicativos baixados na loja do Windows 8 

- 250 milhões de usuários do SkyDrive

- 400 milhões de contas ativas do Outlook

- 700 milhões de contas ativas da Microsoft

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.