LG Cloud, que estreia em nova geração de TVs com conexão de internet, poderá se tornar independente para atender também usuários de dispositivos de outras marcas

Junto com as novas TVs com conexão de internet , lançadas no Brasil nesta quarta-feira (20) em um evento em São Paulo, a LG anunciou sua entrada no mercado de backup em nuvem, dominado por empresas de tecnologia como Google, Microsoft e Dropbox. A empresa oferecerá 5 GB de espaço em nuvem, de graça, para quem comprar uma TV da nova linha. O LG Cloud , no entanto, pode se tornar aberto para qualquer internauta no futuro.

LEIA TAMBÉM:
4 serviços para guardar arquivos na nuvem

Novo serviço de backup em nuvem da LG disputa mercado com veteranos, como Google e Microsoft
Reprodução
Novo serviço de backup em nuvem da LG disputa mercado com veteranos, como Google e Microsoft

De acordo com Fernanda Summa, gerente de produtos da LG, a empresa estuda a possibilidade de oferecer o serviço para internautas que não possuem, necessariamente, produtos da marca.

"Estamos avaliando essa possibilidade, de oferecer o LG Cloud como um serviço independente, mas ainda não temos previsão, preço e outros detalhes", disse Fernanda, durante o evento. Com a expansão do serviço, a empresa poderá oferecer opções pagas, com mais espaço em nuvem.

O foco do serviço, segundo a LG, é facilitar a vida do usuário que tira fotos e grava vídeos com o celular, mas quer mostrar o conteúdo à família na TV. Depois de baixar um aplicativo para Windows XP, Vista ou 7 ou para dispositivos com sistema operacional Android, o internauta conseguirá enviar seus documentos para os servidores da LG, de onde poderão ser acessados por meio da TV. Além disso, é possível acessar o conteúdo por um site na web.

O serviço possui algumas limitações. Além de não funcionar no iPhone, iPad e smartphones com sistema operacional Windows Phone, o produto não oferece suporte a computadores com sistema operacional Windows 8, que está na maior parte das máquinas à venda no Brasil desde outubro de 2012. Para usar o serviço, é preciso ter uma TV conectada da LG com sistema NetCast 2.0 ou superior ou um aprelho com sistema Android na versão 2.3 ou superior.

Os usuários do LG Cloud podem fazer upload de até dois arquivos de cada vez, com tamanho de 2 GB. Por enquanto, o LG Cloud não funciona como um serviço para guardar arquivos por um longo prazo. De acordo com a política de contas inativas da LG, a empresa pode eliminar os dados armazenados em seus servidores, caso o usuário não inicie uma sessão no serviço por um período superior a três meses.

Novo mercado

A LG não é a primeira fabricante de eletrônicos a investir em serviços de backup em nuvem. Em fevereiro, a Samsung anunciou, durante o Mobile World Congress, uma central multimídia com sistema operacional Android que sincroniza o conteúdo de até oito smartphones ou tablet, criando uma "nuvem doméstica". O produto oferece 1 TB de armazenamento, espaço de sobra para armazenar fotos, filmes, músicas e outros conteúdos.

O mercado de serviços na nuvem também tem interessado empresas de outros segmentos que não atuavam na internet, como fabricantes de antivírus. Recentemente, a Norton passou a oferecer a versão final de seu serviço de backup em nuvem que também oferece 5 GB gratuito para guardar arquivos em nuvem. Eles são criptografados e verificados contra vírus e malware antes de serem compartilhados com outras pessoas. A McAfee também anunciou um "cofre virtual" para guardar documentos importantes na nuvem, com capacidade para 1 GB.

Veteranas na nuvem

Ao entrar no mercado de backup em nuvem, LG, Samsung e outras empresas disputam com grandes empresas, como Google e Microsoft, a atenção dos usuários que querem manter seus arquivos a salvo. Atualmente, o Google oferece 5 GB de espaço gratuito na nuvem, mas tem planos pagos que garantem espaço para armazenar até 16 TB na nuvem. A Microsoft é a que oferece mais espaço gratuito, 7 GB, para os usuários do SkyDrive, mas há planos pagos para ampliar a capacidade do backup.

A Apple também oferece seu próprio serviço de backup em nuvem para usuários de iPhone, iPod Touch, iPad e Mac, o iCloud. O serviço, que tem capacidade para 5 GB gratuitos, sincroniza fotos, músicas e vídeos automaticamente para que todos os dispositivos do usuário tenham acesso ao conteúdo. Apesar de pequeno, o Dropbox também tem chamado a atenção dos usuários, mas oferece apenas 2 GB de espaço gratuito na nuvem, apesar de estar disponível na maioria dos dispositivos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.