Empresa teria assinado um acordo de licença de músicas com a Warner Music no último final de semana para viabilizar anúncio de novo serviço durante conferência para desenvolvedores

Reuters

SAN FRANCISCO - A Apple pode ter assinado um acordo com a Warner Music por licenças de música em um esforço para criar um serviço de streaming de música pela internet, que será revelado em uma conferência de seus desenvolvedores na próxima semana, informaram os jornais norte-americanos The New York Times e o The Wall Street Journal, citando fontes anônimas.

LEIA TAMBÉM:
Novo serviço de música do Twitter funciona na web, iPhone e iPad

Além de venda de músicas pela iTunes Store, Apple pode começar oferta de serviço de streaming de música
Getty Images
Além de venda de músicas pela iTunes Store, Apple pode começar oferta de serviço de streaming de música

A fabricante do iPhone tem considerado um serviço de streaming de música para complementar o iTunes desde o ano passado, mas o progresso da discussão de acordos com as gravadoras tem sido lento, disseram fontes à Reuters. Um porta-voz da Apple não pôde ser imediatamente contatado para comentar o assunto.

Segundo os jornais, a Apple fechou o acordo com a Warner no fim de semana, para música gravada e para direitos de publicação. A fabricante do iPhone também assinou um contrato com a Universal Music Group apenas para seus direitos de músicas gravadas, segundo o The New York Times.

A Apple também está em negociações para direitos musicais com a Sony Music Entertainment e o braço Sony/ATV da Sony, disseram os jornais. A Apple pode ter dificuldade para lançar um serviço de streaming de música em sua conferência de desenvolvedores que começa em 10 de junho em São Francisco, sem um acordo com a Sony.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.