Empresa afirma ter aumentado número de assinantes do pacote de software baseado em nuvem de 221 mil para 700 mil no último trimestre

Reuters

A Adobe Systems, que fabrica os softwares Photoshop, Illustrator e Acrobat, divulgou um lucro trimestral ajustado maior do que o esperado, com o crescimento da demanda pelo Creative Cloud , a assinatura baseada em seu principal pacote de software.

LEIA TAMBÉM:
Photoshop e Dreamweaver só poderão ser usados mediante assinatura

A Adobe está mudando para o Creative Cloud, serviço de assinatura baseado em nuvem desde o ano passado, ante um modelo de licenciamento. A companhia disse que adicionou 221 mil assinantes pagos do Creative Cloud no último trimestre, para um total de 700 mil.

A Adobe espera adicionar mais assinantes pagos ao Creative Cloud no trimestre atual do que no segundo trimestre. A empresa previu um lucro ajustado para o trimestre atual de 0,29 dólar a 0,35 dólar por ação e uma receita de 975 milhões de dólares a 1,03 bilhão de dólares.

Analistas, em média, esperavam lucro de 0,35 dólar por ação e receita de 1,01 bilhão de dólares, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S. O lucro líquido caiu para 76,5 milhões de dólares, ou 0,15 dólar por ação no segundo trimestre, ante 223,9 milhões de dólares, ou 0,45 dólar por ação, um ano antes.

Excluindo itens, o lucro foi de 0,36 dólar por ação. A receita caiu 10 por cento para 1,01 bilhão de dólares. Analistas esperavam, em média, lucro de 0,33 dólar por ação e receita de 1,01 bilhão de dólares, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.