Versão de 7,9 polegadas do tablet da Apple foi homologada em dezembro, mas demorou seis meses para estar disponível no varejo brasileiro

O iPad Mini , versão de 7,9 polegadas do tablet da Apple, chegará ao Brasil em 25 de junho, cerca de seis meses depois de ser homologado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) no Brasil . O produto já é anunciado no site de grandes varejistas, como FNAC e Saraiva, mas ainda sem preço. Segundo o iG apurou, a Apple só divulgará o preço aos varejistas na segunda-feira (24), um dia antes do lançamento oficial no País.

LEIA TAMBÉM:
Veja fotos do lançamento do iPad Mini em lojas de todo o mundo

O tablet menor da Apple pesa apenas 308 gramas, metade do peso do iPad de 9,7 polegadas, e cabe em uma só mão. Ele possui processador A5 com dois núcleos, câmera de 5 megapixels, além de câmera frontal de alta resolução (HD) para videochamadas, conexão Wi-Fi e terá modelos compatíveis com redes 4G ou LTE.

A tela do produto possui a mesma resolução da tela do iPad 2, 1.024 x 768 pixels, o que não exigirá que os desenvolvedores ajustem os aplicativos oferecidos por meio da App Store, loja de aplicativos da Apple. O produto tem bordas mais finas nas laterais, o que amplia a área de tela disponível. "O iPad Mini tem uma moldura mais fina e design em metal, mas é mais fino e brilhante que o Nexus 7", disse Phil Schiller, vice-presidente de marketing da Apple, no evento de lançamento do produto.

O novo iPad Mini também possui o novo conector desenvolvido pela Apple que estreou no iPhone 5. Chamado de Lightning, o conector causou polêmica, pois exige o uso de um conector especial, vendido separadamente pela Apple para que o aparelho seja compatível com os acessórios atualmente no mercado.

Apesar de ter menos espaço no novo tablet, a Apple manteve a bateria do iPad Mini com duração estimada de 10 horas. A Apple oferece o iPad Mini nas cores branco e preto, mas vende capas protetoras (Smart Covers) em cinco cores. Há uma versão do iPad Mini com conexão 3G/4G do iPad Mini, mas ainda não se sabe se ela será vendida no Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.