Segundo empresa de segurança Symantec, aplicativo envia número do celular para servidores do Facebook sem que usuário tenha feito login na rede social

O Facebook anunciou uma versão de testes do aplicativo para Android que corrige uma falha que coletava e enviava o número do celular dos usuários sem autorização e enviava para os servidores da empresa. Revelada pela Symantec, a coleta dos dados acontece antes mesmo que o usuário tenha usado o aplicativo para acessar as informações publicadas na rede social.

LEIA TAMBÉM:
Boato ensina procedimento errado para proteger privacidade no Facebook
O guia completo do Facebook

Facebook para Android apresenta falha que coleta número do celular
Getty Images
Facebook para Android apresenta falha que coleta número do celular

A falha encontrada pela Symantec afeta apenas o aplicativo do Facebook para Android. A Symantec não mencionou outros aplicativos da rede social no estudo, como o Facebook Home, o Facebook Messenger e o Facebook Camera.

"Na primeira vez que você abre o aplicativo do Facebook, mesmo antes de fazer login, seu número de celular será enviado pela internet para os servidores do Facebook. Você não precisa informar seu número de celular, fazer login ou iniciar uma ação específica, nem precisa ter uma conta no Facebook para que isso aconteça", disse a equipe da Symantec, em comunicado.

A falha foi confirmada pelo Facebook, que acredita que a coleta dos dados começou após o lançamento de uma nova versão do aplicativo em fevereiro de 2013. Por meio de comunicado, a empresa afirmou que os dados coletados inadvertidamente "não foram usados ou processados de forma alguma e já foram excluídos de seus servidores".

"Foi uma falha no nosso aplicativo e agradecemos à Symantec por nos alertar. Nós corrigimos esta falha na próxima versão do aplicativo, que está disponível para todos em fase beta", disse Derick Mains, porta-voz do Facebook, ao site Huffington Post . A nova versão do aplicativo pode ser baixada por meio do Google Play .

Segundo a Symantec, a falha afetou parte significativa dos usuários que baixaram o aplicativo enquanto a falha esteve presente. O Google Play informa que "centenas de milhões" de usuários já instalaram o aplicativo. "Infelizmente, o aplicativo do Facebook não é o único aplicativo que coleta dados privados", disse a equipe da Symantec, no blog oficial.

    Leia tudo sobre: facebook aplicativo
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.