Com aquisições de empresas, como a brasileira CCE, e novos híbridos de notebook e tablet, fabricante cresce participação mesmo com queda nas vendas globais de computadores

Reuters

Apesar de queda nas vendas de PCs, Lenovo amplia participação de mercado e supera HP
Reuters
Apesar de queda nas vendas de PCs, Lenovo amplia participação de mercado e supera HP

SAN FRANCISCO/CINGAPURA - A chinesa Lenovo passou a HP (Hewlett-Packard) como a maior fabricante mundial de computadores no último trimestre, quando as vendas mundiais caíram 11% na comparação anual devido ao forte crescimento em tablets e smartphones.

LEIA TAMBÉM:
Na contramão do mercado de PCs, Lenovo aumenta vendas e se aproxima da HP

Foi o quinto trimestre consecutivo de queda e analistas esperam que as vendas de PCs continuem a cair, embora em um ritmo menor conforme as empresas atualizam o sistema para Windows 8 e compram laptops que podem ser separados do teclado para se tornarem tablets.

A Lenovo agora tem 16,7% do mercado mundial de computadores pessoais, ante 15,3% no trimestre anterior, segundo a empresa de pesquisas IDC. A empresa investiu pesado nos últimos anos para reforçar seu negócio de PCs com aquisições como a da fabricante brasileira CCE no ano passado, a Medion da Alemanha em 2011 e negócio de PCs da IBM em 2005.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.