Facebook oferece R$ 1.200 para quem descobrir falhas no seu sistema, mas ignorou críticas de palestino

Inicialmente, Khalil Shreateh queria apenas recolher a recompensa de US$ 500 oferecida a quem comunica falhas da rede ao Facebook.

Após encontrar uma delas e ter seu pedido de pagamento ignorado por duas vezes, o programador palestino Khalil Shreateh perdeu a paciência. Para chamar a atenção da gigante americana, Khalil invadiu a página pessoal de Mark Zuckerberg, o criador do Facebook.

    Leia tudo sobre: facebook
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.