Com 64 GB de memória interna, smartphone topo de linha da Nokia chega ao Brasil em outubro

É fato que a câmera é um dos recursos mais usados por quem tem um smartphone. Basta ver a quantidade de imagens compartilhadas todos os dias em redes sociais como Facebook e Instagram. Quem gosta de fotografia de alta qualidade, porém, se mantém fiel às câmeras digitais tradicionais. Mas, com o Lumia 1020, a Nokia aposta que isso pode mudar. O aparelho chega em outubro ao Brasil, mas o preço ainda não foi divulgado.

Com câmera de 41 megapixels, mesmo quem não conhece muito de fotografia pode tirar fotos de ótima qualidade. Por outro lado, quem tem mais conhecimento pode se beneficiar dos controles avançados da câmera do 1020 para tirar fotos melhores. 

Confira abaixo a análise do produto.

A favor:

- Câmera de 41 megapixels com flash de xenônio e lentes Carl Zeiss;
- 64 GB de memória interna;
- Excelentes aplicativos de edição de fotos;

Contra:

- Poucos aplicativos populares;
- Aplicativos de câmera separados;
- Ondulação na parte traseira pode incomodar quem prefere um smartphone fininho.

Design

Para quem já está acostumado a ver os smartphones da linha Lumia, com traseira feita de policarbonato em cores vibrantes, o Lumia 1020 não traz grandes mudanças. Isso pode ser positivo se o usuário é fã do design da Nokia. Por outro lado, essa semelhança dá ao 1020 um visual "genérico", sem uma característica marcante.

Lumia 1020 tem ondulação na parte traseira para acomodar câmera
Claudia Tozetto/iG
Lumia 1020 tem ondulação na parte traseira para acomodar câmera

A grande diferença no design do Lumia 1020 é a câmera traseira do aparelho. O conjunto óptico ocupa mais espaço do que o de uma câmera comum.

Por isso, o 1020 tem uma curvatura na parte traseira. Na parte superior da câmera há um flash maior, de xenônio, o mesmo usado em câmeras digitais e raríssimo em smartphones (que em sua maioria usam flash LED).

Um acessório interessante é uma capa protetora que permite transformar o smartphone em uma espécie de câmera digital compacta. Feita em policarbonato em diversas cores, a capa é ergonômica, não acrescenta muito peso e ainda traz 20% a mais de autonomia de bateria. 

A capa inclui um botão maior para acionar a câmera, conexão microUSB para carregar a bateria extra e rosca para tripé. Infelizmente, no entanto, o acessório não acompanha o produto. Ainda não há preço definido para o Brasil, mas a capa custa US$ 86,90 (cerca de R$ 197) nos EUA.

Configuração

O smartphone da Nokia vem equipado com processador Snapdragon S4 de 1,5 GHz, o mesmo usado em modelos mais básicos da linha Lumia, como o Lumia 625. Apesar de não ter chip com diversos núcleos, como outros concorrentes topo de linha, o sistema operacional Windows Phone 8 roda sem engasgos ou lentidão e a câmera é acionada rapidamente.

Navegar na web é uma experiência satisfatória, principalmente com a conexão 4G do aparelho, compatível com a frequência adotada no Brasil. O produto chegará ao País com 64 GB de memória interna, expansíveis por meio de cartão de memória microSD de 64 GB. O sistema Windows Phone 8 ocupa 2 GB de memória interna, então sobram 62 GB para músicas, fotos, vídeos e aplicativos.

A Nokia promete uma duração de bateria de até 16 GB em stand-by ou mais ou menos 6 horas de exibição de vídeos. Durante os testes, após cerca de 10 horas de fotografias, navegação na web por meio da conexão 4G e compartilhamento da conexão com um tablet, o smartphone ainda exibia metade da carga de bateria. É um bom desempenho considerando a duração de bateria apresentada por outros concorrentes.

Tela

A tela de 4,5 polegadas do Lumia 1020 tem alta resolução (1.280 x 768 pixels), com uma densidade de 334 pixels por polegada, maior do que a oferecida pelo iPhone 5S, recém-lancado pela Apple. Ela usa tecnologia AMOLED e tem proporção de 15:9.

Assim como em todos os smartphones da linha Lumia, o LCD é curvado nas laterais para permitir um maior ângulo de visão. O resultado geral da tela é bom, com cores vivas e sensibilidade, apesar de a resolução ser inferior a de alguns smartphones topo de linha de concorrentes, como o Galaxy S4 (1.920 x 1.080 pixels).

Sistema

O sistema operacional adotado pelo Lumia 1020 é o Windows Phone 8 e, para quem gosta de estar em dia com os novos recursos, ele é um dos poucos aparelhos compatíveis com a atualização Nokia Amber. Para quem está acostumado com a experiência do Windows Phone, pouca coisa muda, mas o sistema de modo geral parece mais estável em relação a versões anteriores.

Lumia 1020 roda Windows Phone 8
Claudia Tozetto/iG
Lumia 1020 roda Windows Phone 8

A falta de aplicativos populares como o Instagram ainda incomoda, mas a Microsoft e a Nokia vêm se esforçando para trazer boas opções. O aplicativo 6tag, por exemplo, é o primeiro desenvolvido por um terceiro que permite acessar o feed de fotos do Instagram e publicar diretamente no serviço. Vale a pena baixar.

A Nokia também tem feito um bom trabalho ao desenvolver seus próprios aplicativos para o sistema Windows Phone. Ao todo, são 19 opções criadas pela empresa. O destaque fica por conta do Here, que inclui ótimos aplicativos de mapas, e dos aplicativos para fotos (mais sobre eles no tópico Câmera).

Câmera

De fato, a câmera é o recurso que mais chama a atenção no Lumia 1020. Ela é, de longe, a melhor câmera integrada em um smartphone atualmente no mercado. Com sensor de 41 megapixels de resolução (fotografa com resolução máxima de 38 megapixels), ela tem um conjunto de seis lentes Carl Zeiss. Além disso, a câmera usa a tecnologia PureView, desenvolvida pela própria Nokia, que melhora sensivelmente a qualidade das imagens. O flash é de xenônio, como os flashes de câmeras digitais comuns.

Só pelas especificações do hardware a câmera já convenceria muitos entusiastas da fotografia. Contudo, é o software que traz graça para quem está a fim de usar o smartphone para tirar fotos com alta qualidade. Além do aplicativo padrão da câmera há o Pro Cam. Esse aplicativo, acessado por meio de uma barra de ferramentas no alto da foto, permite configurar parâmetros como ISO e exposição.

Veja recursos da câmera do Lumia 1020

Quando o usuário toca no ícone de um ajuste, surge um círculo semitransparente que permite ajustar o parâmetro na tela. O zoom também pode ser ajustado na própria tela, arrastando o dedo para cima (mais zoom) e para baixo (menos zoom).

Apesar de muito avançada, a câmera só oferece zoom digital de 3x e, como ocorre com o zoom digital de modo geral, o resultado não é dos melhores. 

A câmera principal do aparelho ainda filma vídeos em Full HD. Além do aplicativo da câmera, o usuário pode acionar outros aplicativos relacionados à fotografia. O Cinemagrafia (cria GIFs animados) e o Smart Cam (tirar fotos em situação de movimento e escolhe a melhor) são boas opções.

Outro aplicativo da Nokia que o usuário do Lumia 1020 precisa ter é o Estúdio Criativo. Criado para edição avançada de fotos, ele possui interface simples e intuitiva. É possível, por exemplo, acrescentar o efeito de desfoque do fundo em dois passos. Basta desenhar uma linha branca sobre o objeto de destaque e uma linha amarela sobre o inicio da área que deve ficar desfocada.

O aplicativo gratuito ainda faz colagens de fotos, ajusta brilho e cores, corrige olhos vermelhos e cria o efeito "tilt shift" (efeito que faz com que alguns objetos da imagem pareçam miniaturas). Outros recursos da câmera incluem a possibilidade de acrescentar grade e mudar a proporção da imagem após a fotografia. O resultado das fotos impressiona, principalmente quando se está acostumado a fotos de as câmeras de celulares comuns.

Conclusão

Smartphone com câmera ou câmera com smartphone? Os dois. A câmera é com certeza o principal atrativo do Lumia 1020. Mas o sistema Windows Phone 8 com a atualização Amber não deixa a desejar neste aparelho. Os aplicativos criados pela Nokia e a capa que o transforma em uma câmera compacta realmente satisfazem quem quer tirar boas fotos, mas se incomoda em ter uma câmera digital independente.

Contudo, a falta de aplicativos de terceiros no Windows Phone 8 ainda é um fator que pode incomodar, principalmente no caso de usuários acostumados com a variedade das lojas do Android e do iPhone. 

Ficha técnica

Nokia Lumia 1020

Preço: não informado (chega em outubro ao Brasil)
Configuração: processador Snapdragon S4 de 1,5 GHz com dois núcleos, memória RAM de 2 GB, memória interna de 64 GB, expansível com cartão de memória de 64 GB, tela AMOLED de 4,5 polegadas com resolução de 1.280 x 768 pixels, câmera traseira de 41 megapixels, câmera frontal para videochamadas.
Dimensões: 13 x 7,1 x 1 cm
Peso: 158 gramas
Autonomia de bateria: Superior a 24 horas
Itens inclusos: cabo de dados e tomada do carregador de energia, fone de ouvido intraauricular, aparelho, guia rápido e agulha para abrir entrada do chip microSIM da operadora.

*A jornalista viajou a Londres (Reino Unido) a convite da Nokia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.