Notebook com sistema operacional ChromeOS, do Google, tem tela de 11,6 polegadas e processador da Intel

O primeiro Chromebook, notebook com sistema operacional Chrome OS , acaba de chegar ao Brasil. A fabricante de computadores Acer anunciou a chegada do modelo C710 ao País, com preco de R$ 1.299. O notebook tem tela de 11,6 polegadas e é equipado com processador Intel Celeron com dois núcleos. O produto estará disponível no varejo e sites de comércio eletrônico a partir desta quinta-feira (1º).

Veja mais: Acer lança notebook com ChromeOS por R$ 410 nos EUA

O ChromeOS é baseado na computação em nuvem, uma tecnologia bastante usada por serviços online que armazenam arquivos em servidores que podem ser acessados pela web a partir de qualquer dispositivo conectado. Os serviços de e-mail e de redes sociais utilizam a tecnologia para funcionar.

O sistema foi desenhado para rodar em máquinas com pouco processamento e memória, já que toda a carga de processamento é realizada na nuvem, bem como o armazenamento dos arquivos. Atualmente, o sistema está disponível em notebooks da Acer, Asus , HP e Samsung.

O novo notebook da Samsung tem memória flash de 16 GB, mas como o sistema e baseado em nuvem, o usuario pode armazenar arquivos no Google Drive ou em outros serviços de backup em nuvem. A Acer e o Google oferecem 100 GB de espaco no Google Drive por dois anos para quem comprar o novo Chromebook.

O Brasil recebe o primeiro Chromebook cerca de quatro anos após o Google lançar o sistema operacional baseado em nuvem nos EUA. O modelo anunciado pela Acer faz parte da terceira geração de Chromebooks da marca, que lançou o seu primeiro Chromebook em 2011. "Queremos atingir o usuário que precisa de um computador fácil de usar", diz Anderson Kanno, gerente de produto da Acer.

Mercado promissor

O Chromebook da Acer, no entanto, chega com preço pouco competitivo com notebooks de baixo custo, que podem ser encontrados no Brasil até na faixa abaixo de R$ 1 mil. Na mesma faixa de preço, outros notebooks com especificações mais avançadas, como o X102BA, fabricado pela Asus , já oferecem processadores mais poderosos e tela sensível ao toque. No entanto, o modelo da Asus roda o Windows 8, sistema operacional tradicional, diferente do modelo proposto pelo ChromeOS.

O Chromebook tenta conquistar o público que busca mobilidade, por isso deve concorrer diretamente com os tablets, categoria que passa por uma explosão de vendas no Brasil . Como vantagem, os tablets apresentam um formato mais agradável para consumir conteúdo e bateria de longa duração, muitas vezes próxima de 10 horas, enquanto o Chromebook tem autonomia de bateria de apenas 3,5 horas.

Segundo a Acer, a fabricante tem a expectativa que o Chromebook tenha sucesso no Brasil, da forma como ocorre nos EUA. Os notebooks com ChromeOS se mantém na lista de mais vendidos de diversos sites de comércio eletrônico, como a Amazon, competindo diretamente com modelos tradicionais de grandes fabricantes, como Lenovo e HP. "Somos parceiros de longa data do Google e acreditamos em oferecer uma multiplicidade de sistemas para o consumidor", diz Kanno.