Fabricante do Windows cria site para enfatizar que e-mail do Google monitora mensagens para vender publicidade

Desde que aposentou o Hotmail e criou o serviço Outlook.com, a Microsoft tem usado táticas agressivas para tentar conquistar usuários do Gmail.

Veja dicas para usar melhor o Outlook.com, o sucessor do Hotmail

O maior objetivo da campanha da Microsoft é mostrar que, diferentemente do Gmail, o Outlook.com não lê as mensagens para exibir publicidade de acordo com o conteúdo dos e-mails. No início deste ano, a empresa já havia veiculado anúncios de TV que enfatizavam este ponto e, nesta semana, mais uma iniciativa foi ao ar.

No site keepyouremailprivate.com , a Microsoft enfatiza que o Outlook.com não lê os e-mails de seus usuários. Há ainda uma petição online para pedir que o Google pare de ler os e-mails de seus usuários para exibir anúncios personalizados.



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.