Novo recurso, prometido na metade do ano, faz parte da estratégia da empresa de acirrar a concorrência contra o Google Docs

A Microsoft deu mais um passo para brigar de igual para igual com o Google Docs, serviço de edição de arquivos de texto, planilhar eletrônicas e apresentações de slides por meio da web. A empresa anunciou que o Office Web Apps , versão online do Office acessível por meio do SkyDrive, agora suporta a edição em tempo real de arquivos do Word, Excel, Power Point e One Note.

LEIA TAMBÉM:
Word e Excel chegam ao iPhone. E daí?

Em atualização, aplicativos do Office Web Apps passam a suportar edição simultânea de arquivos
Divulgação
Em atualização, aplicativos do Office Web Apps passam a suportar edição simultânea de arquivos

Até agora, o Office Web Apps só suportava a edição dos arquivos por um usuário de cada vez e o compartilhamento do arquivo finalizado. A partir de agora, grupos de usuários poderão editar um mesmo arquivo ao mesmo tempo, facilitando trabalhos que exijam colaboração online.

Da mesma forma como ocorre no Google Docs, quando mais de um usuário edita um arquivo ao mesmo tempo, o aplicativo mostra os locais que estão sendo editados em cores diferentes.

Além do novo recurso de colaboração em tempo real, a Microsoft anunciou outros novos recursos do Office Web Apps. A versão online do Word, por exemplo, ganhou o recurso de localizar e substituir, muito útil para corrigir erros repetitivos em textos longos. O aplicativo do Excel também permitirá que o usuário arraste-e-solte o conteúdo das célular e o Power Point online ganhou uma ferramenta para cortar imagens.

No blog oficial, a Microsoft afirmou ainda que pretende lançar uma atualização para o Office 365, modalidade de venda do pacote de aplicativos por meio de assinatura, até o final de 2013. O serviço permite instalar o Office em até quatro computadores ou dispositivos móveis e oferece 20 GB de espaço gratuito para armazenamento em nuvem por meio do SkyDrive. A empresa também deve lançar, em breve, uma versão do Office para dispositivos móveis com Android.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.