Fabricantes seguirão Apple, que implementou o recurso no novo iPhone 5s

Reuters

ESTOCOLMO, 11 Dez (Reuters) - Smartphones biométricos devem se tornar comuns no ano que vem à medida que as principais fabricantes de celulares seguem os passos da Apple em tecnologia de reconhecimento de impressão digital, segundo um relatório da Ericsson sobre tendências de consumidores divulgado nesta quarta-feira.

iPhone 5s tem leitor de digitais
André Cardozo/iG
iPhone 5s tem leitor de digitais

Em setembro, a Apple lançou seu iPhone 5S, primeiro smartphone com sensor para reconhecer impressões digitais, aprimorando a segurança e a facilidade de uso.

"Um total de 74 por cento acreditam que os smartphones biométricos se tornarão comuns em 2014", disse a Ericsson, a maior fabricante de equipamento para redes de telefonia móvel do mundo, em seu relatório.

O uso mais disseminado da tecnologia biométrica será uma boa notícia para as empresas suecas Fingerprint Cards e Precise Biometrics, que são as fornecedoras líderes do setor.

A Fingerprint fabrica sensores enquanto que a Precise Biometrics desenvolve software para tais sensores.

Em uma entrevista recente à Reuters, o presidente-executivo da Fingerprint disse esperar que entre 7 ou 8 das maiores fabricantes de celulares do mundo, incluindo a Samsung, lancem telefones usando a tecnologia no ano que vem.

A Ericsson entrevistou mais de 100 mil pessoas em mais de 40 países como parte da pesquisa.

(Por Olof Swahnberg)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.