Tamanho do texto

Jason Chen disse durante sua primeira coletiva de imprensa que o maior erro da companhia de Taiwan foi investir muito cedo em painéis sensíveis ao toque e ultrabooks e não perceber o impacto que produtos como iPads da Apple poderiam ter na indústria de PCs

Reuters

Lançamento do iPad, pela Apple, impactou várias indústrias, inclusive a de PCs
André Cardozo/iG
Lançamento do iPad, pela Apple, impactou várias indústrias, inclusive a de PCs

Investidores em busca de projeções específicas sobre a Acer, quarta maior fabricante de PCs do mundo, ficaram desapontados com o novo presidente-executivo da empresa levando mais tempo falando sobre erros passados da empresa do que sobre o futuro.

Jason Chen, o mais novo presidente-executivo da companhia, disse durante sua primeira coletiva de imprensa nesta segunda-feira que o maior erro da companhia de Taiwan foi investir muito cedo em painéis sensíveis ao toque e ultrabooks e não perceber o impacto que produtos como iPads da Apple poderiam ter na indústria de PCs.

"Queríamos estimular a demanda usando nova tecnologia e tomamos a iniciativa de forma mais agressiva que qualquer outra empresa, até o ponto que nos prejudicamos", disse Chen. "Esperamos não repetir o mesmo erro."

Chen é o mais novo executivo de uma série de mudanças na direção da empresa em dificuldades. Em 2011, o italiano Gianfranco Lanci deixou o cargo de CEO. Em novembro passado, o presidente-executivo J.T. Wang também deixou o cargo e foi substituído pelo então presidente corporativo Jim Wong. Wong, no entanto, deixou o cargo algumas semanas depois.

A Acer tem enfrentado dificuldades com perdas em diversos trimestres, incluindo um déficit de 437,38 milhões de dólares no terceiro trimestre de 2013.

Por Michael Gold