Montadora aproveita Campus Party para convocar programadores a desenvolver recursos para os veículos da marca

A Ford aproveita a Campus Party, maior evento de tecnologia e cultura digital do País, para anunciar um incremento ao Sync AppLink, rede de aplicativos integrados aos veículos e aos smartphones de seus motoristas. Ainda este ano, a plataforma estará aberta para desenvolvedores brasileiros. Eles poderão criar novas ferramentas que funcionarão por meio de comando de voz.

Estande da Ford na Campus Party
Divulgação
Estande da Ford na Campus Party

A ideia é aproveitar o crescimento agressivo no uso de smartphones e aplicativos. Segundo estimativas, até 2015 serão 180 bilhões de downloads de aplicativos em todo o mundo. Só no ano passado foram vendidos 1 bilhão de smartphones em todo o mundo.

A plataforma deve ficar disponível ainda neste ano, mas não há data prevista. Na prática, o sistema deve ser muito parecido com ferramentas como Google Play e a iTunes Store, da Apple.

Por isso, a Ford não podia encontrar um lugar melhor para lançar sua proposta. "Queremos cada um dos desenvolvedores que estão aqui dentro do nosso programa de desenvolvimento", convoca Scott Burnell, responsável pelo programa de desenvolvimento da empresa.

Os programadores poderão acessar o developer.ford.com , preencher formulários e inciar o desenvolvimento. Será possível simular a utilização do aplicativo para testar as ferramentas Sync, que pressupõe as mãos no volante e os olhos na estrada. As ferramentas ficarão disponíveis em um catálogo para consulta do motorista.

A Ford não pagará os desenvolvedores para fabricar os aplicativos. No entanto, as empresas poderão cobrar pelas ferramentas. A transação acontecerá dentro dos distribuidores convencionais de aplicativos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.