Pesquisadores serão incorporados ao grupo de Android

Projeto Ara, da Motorola, propõe o conceito de smartphone modular
Divulgação
Projeto Ara, da Motorola, propõe o conceito de smartphone modular


A divisão de projetos especiais da Motorola, focada em pesquisas de longo prazo, ficará com o Google mesmo com a venda da empresa para a Lenovo . Ao site Ars Technica , um porta-voz do Google confirmou a informação e afirmou que os pesquisadores dessa divisão serão incorporados ao grupo de Android.

Um dos projetos de maior destaque da divisão é o Ara, que propõe o conceito de smartphone modulável. A ideia é que o smartphone seja montado com blocos facilmente removíveis, com componentes como câmera, memória e processador. Assim, os usuários poderiam comprar peças separadas e encaixá-las em uma carcaça para criar o smatphone com as características desejadas.

LEIA TAMBÉM:
ZTOP: Venda da Motorola mostra que patentes eram a prioridade do Google

Esse tipo de projeto tem muito a ver com as atividades da equipe de Android do Google. Por isso o Google escolheu essa divisão para abrigar os pesquisadores da Motorola.

Outros projetos atualmente em andamento na divisão de projetos avançados da Motorola são estudos sobre autenticação de usuários por meio de tatuagens eletrônicas e ingestão de pílulas com chips.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.