Um pen drive para dispositivos móveis e uma versão especial com a arte do brasileiro Romero Britto também foram mostrados em evento realizado em São Paulo

SanDisk Extreme PRO USB 3.0 é um pendrive USB 3.0 premium e de alta performance USB 3.0
Divulgação
SanDisk Extreme PRO USB 3.0 é um pendrive USB 3.0 premium e de alta performance USB 3.0

Até alguns anos atrás, pen drives eram acessórios caros. Mas hoje quem quer um pen drive de capacidade média, na casa de alguns gigabytes, não costuma gastar mais do que R$ 40.

A SanDisk, no entanto, crê que há uma fatia de mercado de pessoas que precisam de muito espaço e alta velocidade.

De olho nesse mercado, a empresa apresentou nesta terça-feira (11), em São Paulo, o SanDisk Extreme PRO USB 3.0, um pen drive premium de alta performance com 128 GB que chega ao mercado brasileiro por R$ 899 e garantia vitalícia.

Com um acabamento de alumínio metalizado, o pen drive inclui o software SanDisk SecureAccess, que oferece criptografia de arquivos e proteção com senha.

O SanDisk Extreme PRO USB 3.0 oferece velocidades de gravação de até 240MB/s e velocidades de leitura de até 260MB/s, até 60 vezes mais que um USB 2.0, segundo a SanDisk. Tais velocidades permitem aos usuários salvar um filme em segundos, ou mil fotos em alta resolução em menos de 35 segundos.

SanDisk Ultra Dual USB Flash Drive foi desenvolvido para transferir e fazer backup de conteúdo entre dispositivos móveis e computadores
Divulgação
SanDisk Ultra Dual USB Flash Drive foi desenvolvido para transferir e fazer backup de conteúdo entre dispositivos móveis e computadores

Um pen drive para seu celular

Outra novidade apresentada pelos executivos da SanDisk é o Dual USB Drive, que transfere dados de um dispositivo móvel, smartphone, tablet ou PC, para o outro. O pen drive vem equipado com um conector micro-USB de um lado e USB 2.0 de outro.

Segundo o vice-presidente da SanDisk, o lançamento vem sanar um problema que é recorrente na vida dos usuários: como compartilhar arquivos consigo próprio utilizando diferentes dispositivos? A grande maioria manda um e-mail para si mesmo, enquanto uma parcela menor utiliza algum tipo de USB.

VEJA TAMBÉM: Hands-on: SanDisk Ultra Dual USB Drive

Com esse novo produto, a multinacional americana quer mudar a forma como as pessoas compartilham conteúdo consigo mesmas. Enquanto outros métodos de transferência entre dispositivos móveis e computadores exigem cabos, assinatura de serviços, aplicativos ou conexão Wi-Fi para funcionar, o SanDisk Ultra Dual USB Drive precisa apenas ser conectado a um dispositivo móvel que possua OTG (USB On-The-Go) para acessar o pen drive.

Além disso, as duas portas possuem proteção retrátil, mantendo as conexões seguras. Com a ajuda do app Memory Zone, disponível para download na loja Google Play, os usuários podem organizar melhor seus arquivos armazenados na memória interna e externa e liberar espaço na memória do seu dispositivo móvel.

O SanDisk Ultra Dual USB Drive só funciona em smartphones Android e chega ao mercado em três opções de armazenamento: 16GB por R$ 79, 32 GB por R$ 129 e 64 GB com preço sugerido de R$ 249. Por enquanto não há previsão de produtos para iOS, da Apple, ou para Windows Phone.

Parceria com Romero Britto e liderança no Brasil

SanDisk lança parceria com artista internacionalmente renomado, Romero Britto
Emily Canto Nunes/iG São Paulo
SanDisk lança parceria com artista internacionalmente renomado, Romero Britto

A terceira novidade apresentada é um pen drive de 8GB estampando a arte de Romero Britto.

O modelo escolhido para receber a arte que também faz referência ao futebol brasileiro será o pen drive SanDisk Cruzer POP, disponível para consumidores no Brasil e na América Latina a partir de maio com preço sugerido de R$ 34,90. 

A parceria com Romero Britto é a primeira da SanDisk com um artista. 

Smartphones em alta

A SanDisk aproveitou o lançamento global dos três produtos para, com ajuda da IDC, apresentar alguns números de mercado que justificam as novidades, especialmente o pen drive para dispositivos móveis. Em uma breve apresentação, Bruno Freitas, analista da IDC, falou das tendências de popularização dos smartphones para 2014. Em 2010, os smartphones e tablets respondiam por 48% dos aparelhos no mercado, incluindo notebooks e desktops. Hoje, smartphones e tablets correspondem por 84% do mercado brasileiro.

Além disso, o Android lidera no Brasil, tanto em smartphones, com 90%, quanto em tablets, 93% segundo dados do terceiro trimestre de 2013. De acordo com Freitas, o Android vem aumentando sua participação, especialmente entre os aparelhos de entrada. Segundo ele, o país também vive um bom momento para empresas de tecnologia. Em 2014, o Brasil deve passar o Reino Unido como 4º maior mercado de TI e Telecom do mundo, atrás apenas de Estados Unidos (1º), China (2º) e Japão (3º).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.