Recém-adquirido pelo Facebook, serviço de troca de mensagens terá novo recurso até meados de 2014

Fundador do WhatsApp, Jan Koum, apresentou novidades do serviço no MWC 2014
Getty Images
Fundador do WhatsApp, Jan Koum, apresentou novidades do serviço no MWC 2014

Nesta segunda-feira (24), Jan Koum, CEO do WhatsApp, anunciou no MWC 2014 que o serviço terá chamadas de voz no próximo trimestre de 2014 segundo informações do TheNextWeb . Atualmente, o aplicativo permite aos usuários enviarem mensagens de voz gravadas. Com a novidade, o serviço permitirá chamadas de voz, como já fazem aplicativos como Skype, por exemplo.

Na semana passada, o WhatsApp foi adquirido pelo Facebook por incríveis US$ 19 bilhões.

LEIA TAMBÉM: Falha em roteador causou a queda do WhatsApp no final de semana

O WhatsApp, de acordo com seu fundador, tem 330 milhões de usuários ativos por dia e 465 milhões de usuários ativos mensais. Segundo ele, é importante para o serviço para manter seu rápido crescimento, oferecendo um conjunto de recursos compatível com o de seus rivais.

O WhatsApp é conhecido pela sua simplicidade e durante seu painel no Mobile World Congress Koum disse que esses "valores fundamentais" seriam preservados também no recurso de chamada de voz

"Somos movidos pela missão de que as pessoas devem ser capazes de ficar em contato em qualquer lugar e com um custo aceitável. Nosso objetivo é estar em todos os telefones móveis no mundo", disse Koum segundo informações da Reuters.

Compra pelo Facebook e operadoras

Koum disse que a aquisição do WhatsApp pelo Facebook não vai alterar seu roteiro de desenvolvimento do produto que visa alcançar 1 bilhão de usuários. Nenhuma publicidade será acrescentada ao serviço, afirmou.

Koum também procurou se posicionar como um parceiro para operadoras de telecomunicações e não simplesmente um concorrente. Ele anunciou uma parceria com a E-Plus, da KPN, sob a qual a companhia lançará um serviço para dispositivos móveis com a marca WhatsApp na Alemanha.

"Estamos trabalhando com operadoras em mercados estabelecidos para agregar valor aos usuários finais", disse.

Com informações da Reuters.

    Leia tudo sobre: facebook
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.