Flexcoin disse em uma mensagem em seu site que todas as 896 bitcoins guardadas online foram roubadas no domingo (2)

Reuters

Ataque explorou uma falha no código que rege as transferências entre usuários
Getty Images
Ataque explorou uma falha no código que rege as transferências entre usuários

O Flexcoin , um banco de bitcoins baseado no Canadá, disse que está encerrando as atividades após perder um total de bitcoins equivalentes a cerca de US$ 600 mil em um ataque de hackers que foi possibilitado por falhas no código de seu software.

LEIA TAMBÉM: Para driblar instabilidade do bitcoin, usuários anotam e imprimem códigos

O Flexcoin disse em uma mensagem em seu website que todas as 896 bitcoins guardadas online foram roubadas no domingo (2). O seu colapso veio depois que o Mt. Gox, outrora a bolsa de valores de bitcoins dominante no mundo, entrou com pedido de concordata no Japão e disse que pode ter perdido cerca de 850 mil bitcoins devido a ataques eletrônicos.

"Como o Flexcoin não possui os recursos, ativos ou outro meio para se recuperar desta perda, estamos fechando nossas portas imediatamente", informou o banco.

O Flexcoin posteriormente publicou uma atualização em seu site, dizendo que o ataque explorou uma falha em seu código que rege as transferências entre usuários, inundando o sistema com pedidos simultâneos para mover bitcoins entre contas.

VEJA TAMBÉM: Bitcoin: Como a moeda virtual funciona

"O Flexcoin tentou de tudo para manter nossos servidores os mais seguros possível, incluindo testes regulares", disse o banco, acrescentando que havia se defendido contra milhares de ataques nos últimos anos. "Mas, no final, simplesmente não foi suficiente".

Segundo a Bitstamp, uma das maiores bolsas de valores para o comércio de bitcoins, uma bitcoin tinha um valor de cerca de US$ 658 dólares nesta quarta-feira (5).

Veja algums máquinas de mirar bitcoins:



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.