Regulador do setor de telecomunicações baniu as principais operadoras de assumir novos clientes ou substituir telefones celulares entre 13 de março e 19 de maio

Reuters

Samsung Galaxy S5 tem leitor de digital em tela de 5,1 polegadas Full HD Super Amoled
Reuters
Samsung Galaxy S5 tem leitor de digital em tela de 5,1 polegadas Full HD Super Amoled

SEUL, 10 Mar (Reuters) - O smartphone Galaxy S5 da Samsung pode ter um início lento na Coreia do Sul, já que o lançamento do produto no país no mês que vem coincidirá com um banimento de 45 dias para vendas de operadoras de celular locais, disseram analistas.

LEIA TAMBÉM: Samsung anuncia Galaxy S5 com câmera ultrarrápida e leitor de digital

A Samsung planeja iniciar as vendas globais do S5 em 11 de abril, com a Coreia do Sul entre os primeiros países a receber o produto.

Mas o regulador do setor de telecomunicações sul-coreano baniu na sexta-feira (7) as empresas SK Telecom, KT Corp e LG UPlus de assumir novos clientes ou substituir telefones celulares entre 13 de março e 19 de maio.

As operadoras, que brigam por mais espaço em um mercado onde sete de cada dez pessoas já tem smartphones, infringiram regras ao subsidiar com mais de US$ 250 o custo dos celulares.

Por Miyoung Kim.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.