A Alibaba investiu US$ 215 milhões enquanto o restante dos recursos veio dos investidores anteriores da Tango

Reuters

Tango é aplicativo de troca de mensagens, fotos, vídeos e que também faz ligações
Divulgação
Tango é aplicativo de troca de mensagens, fotos, vídeos e que também faz ligações

A Tango, desenvolvedora de aplicativos de mensagens instantâneas para dispositivos móveis que já possui um app de mesmo nome, captou US$ 280 milhões em uma nova rodada de financiamento liderada pela gigante chinesa de comércio eletrônico Alibaba.

LEIA TAMBÉM: Fundador do WhatsApp afirma que privacidade está no DNA do aplicativo

Por quase qualquer parâmetro, o investimento correspondeu a uma enorme soma para uma desenvolvedora de aplicativos para dispositivos móveis. O negócio, que aconteceu um mês da estonteante compra do WhatsApp pelo Facebook por US$ 19 bilhões, destaca até onde as companhias de internet estão dispostas a ir para ganhar uma presença nas comunicações por dispositivos móveis.

A Alibaba investiu US$ 215 milhões enquanto o restante dos recursos veio dos investidores anteriores da Tango, que incluem a Access Industries, Draper Fisher Jurvetson e Jerry Yang, um dos co-fundadores do Yahoo, disse a Tango.

O investimento dá à Alibaba uma participação minoritária em um serviço de mensagens com 200 milhões de usuários registrados e 70 milhões de usuários ativos. A Tango alega ter uma presença significativa na América do Norte, no Oriente Médio, em Taiwan e em Cingapura.

A aporte na Tango é a mais recente de uma série de investimentos da Alibaba, que está se preparando para uma aguardada oferta pública inicial de ações em Nova York que pode definir o valor da companhia em US$ 200 bilhões.

    Leia tudo sobre: aplicativo
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.