Tamanho do texto

Localizada na área de free shop, nova filial da FNAC deve praticar preços próximos aos dos EUA. Compra compensa para quem vai para países europeus

Na madrugada deste domingo (11), a FNAC inaugurará sua loja na área de free shop do aeroporto de Guarulhos, dentro da área de embarque internacional. Um dos produtos que deve atrair mais clientes é o iPhone, da Apple. O smartphone deve ser vendido com preço bem inferior ao cobrado no Brasil.

LEIA TAMBÉM:
Teste: iPhone 5s aposta em leitor de digitais

Ao iG , a assessoria da FNAC confirmou a abertura da loja e a venda do iPhone, mas não revelou os preços. Mas eles certamente serão bem inferiores aos cobrados pela Apple no Brasil. 

Por ser localizada na área de free shop, a loja venderá produtos sem a cobrança de impostos, o que reduz bastante o valor dos produtos. No caso do iPhone, o modelo 5s mais básico é vendido no Brasil por R$ 2.799. Nos Estados Unidos, o preço do aparelho é de US$ 649, o equivalente a R$ 1.460. Espera-se que o preço cobrado na loja da FNAC seja próximo ao praticado nos Estados Unidos. 

Caso a loja adote o preço-base da Apple, o aparelho terá preço similar ao comprado nos Estados Unidos. Naquele país, o imposto VAT (Value Added Tax) pode aumentar o valor final do produto em até 10%. Um iPhone 5s de US$ 649 comprado em Nova York, por exemplo, sai por US$ 714 com impostos.

No caso do Brasil, quem comprar um iPhone na loja de Guarulhos terá que pagar o imposto de 50% sobre o valor além de US$ 500. No caso de um iPhone 5s de US$ 649, o imposto seria de 50% sobre US$ 149, ou seja, US$ 75. Somado o imposto, o aparelho sairia por US$ 725, pouco mais caro do que nos EUA, mas ainda muito mais barato do que no Brasil.

No fim das contas, a compra compensa para quem vai viajar para países em que o iPhone é mais caro do que nos Estados Unidos, como Reino Unido ou França. Na França, por exemplo, o iPhone 5s com 16 GB custa US$ 975. Na Alemanha, Reino Unido e Itália os preços também passam de US$ 900.

Veja também: Fotos de lojas da Apple pelo mundo

4G de iPhone importado não funciona no Brasil

Quem optar por comprar um iPhone na loja da FNAC deve estar atento a um detalhe: a conexão 4G não funcionará no Brasil. Os produtos vendidos na loja serão importados, e, como qualquer iPhone comprado no exterior, não são compatíveis com a frequência do 4G adotada no País. 

Como ocorre em qualquer loja de free shop, o acesso à loja será restrito aos passageiros que embarcam para destinos internacionais.

CONTINUE LENDO:

iPhone 6 deve chegar em agosto, um mês antes do previsto