Tendência de contratar artistas como diretores criativos começou em 2010, com a parceria entre Lady Gaga e Polaroid

Desde os primeiros anos da internet, artistas, músicos e outras celebridades investem em empresas de tecnologia. Uma tendência, porém, é mais recente. Celebridades que possuem cargos em empresas do setor.

Os artistas não só divulgam produtos das empresas como também participam de sua criação. Muitos analistas, entretanto, acreditam que trata-se apenas de estratégia de marketing, buscando vincular a imagem da empresa a alguém considerado antenado e com apelo junto o público jovem. Veja abaixo cinco celebridades com papel de destaque em empresas de tecnologia. 

Ashton Kutcher

Muita gente vai lembrar que Ashton Kutcher fez o papel de Steve Jobs no cinema. Mas o envolvimento do ator com o mundo da tecnologia vai além disso. Em outubro do ano passado, Kutcher foi contratado pela Lenovo com engenheiro de produtos. Na prática, Kutcher passou a colaborar com designers e engenheiros da Lenovo na criação de novos produtos. Ele também investe em startups de tecnologia há alguns anos.

Lady Gaga

Alguém aí ainda lembra da Polaroid? Ela reinou nos anos 1970 e 1980 com suas câmeras de filme, mas foi rapidamente abalada pelo fenômeno das câmeras digitais. Em 2001, a Polaroid entrou em processo de falência nos EUA. Após um processo de recuperação, ela deixou de produzir câmeras analógicas e filmes e passou a desenvolver apenas produtos digitais.

Em 2010, numa tentativa de rejuvenescer a marca, a Polaroid contratou Lady Gaga como diretora criativa. Até agora, porém, a contratação não causou muito impacto. Em 2011 a Polaroid lançou uma impressora com a assinatura de Gaga, mas ela não fez muito sucesso. A Polaroid continua a lançar câmeras e outros produtos, mas sem muita repercussão.

Alicia Keys

Assim como a Polaroid, a BlackBerry teve seus dias de glória, mas não acompanhou as mudanças em sua área e atualmente está por baixo. A empresa apostava suas fichas nos aparelhos da linha BlackBerry 10, lançados em janeiro do ano passado. No evento de lançamento, a BlackBerry anunciou a cantora Alicia Keys como sua diretora criativa.

Os aparelhos da linha BlackBerry 10 foram um fracasso de vendas e não houve mais notícias da participação de Alicia na empresa. A cantora, que continuou a usar um iPhone para acessar o Twitter mesmo após ser contratada pela BlackBerry, deixou o cargo em janeiro deste ano, um ano após ter sido contratada. 

Will.i.am

Entre os artisas que atuam em empresas de tecnologia, Will.i.am é certamente uma dos mais ativos. Ele foi nomeado diretor criativo da Intel em janeiro de 2011 e desde então é presença constante em eventos da empresa. Em seus primeiros anos da empresa, Will.i.am foi um dos principais divulgadores dos ultrabooks, notebooks ultrafinos concebidos pela Intel. Em tempos mais recentes ele tem dado palestras falando principalmente sobre sobre tendências e futuro da computação e a relação entre tecnologia e arte.

Justin Timberlake

Pode uma estrela pop ressuscitar um site de música? Essa foi a pergunta que muitos se fizeram ao saber que Justin Timberlake era o mais novo dono (e garoto-propaganda) do Myspace, rede social focada em música que sucesso nos anos 2000 até ser destronada pelo Facebook. 

O Myspace reinou soberano entre as redes sociais até o final dos anos 2000. Em 2005, a rede social foi comprada pelo conglomerado News Corp por US$ 580 milhões. A queda, porém, foi rápida, e em 2011 a News Corp vendeu o Myspace para um fundo de investimentos chamado Specific Media, do qual Timberlake faz parte, por menos de 10% do valor da compra.

Em 2013, O Myspace foi relançado, recuperando seu foco original em música. Além de ser um dos donos, Timberlake é o principal garoto-propaganda do site.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.