Problema afetou centenas de usuários, segundo publicação local

Centenas de usuários de produtos da Apple na Austrália tiveram uma má surpresa na manhã desta terça-feira (27). Seus iPhones e iPads amanheceram bloqueados e com uma mensagem que pedia um depósito de US$ 50 em uma conta do PayPal para que os aparelhos fossem destravados.

Segundo o Sidney Morning Herald , o hacker que teria acessado as contas Apple se identificou como Oleg Pliss, provavelmente um nome falso. Segundo a publicação, usuários que tinham códigos de bloqueio em seus aparelhos conseguiram resolver a situação, mas quem não tinha códigos teve que recorrer à Apple em busca de ajuda.

Ao SMH, o especialista de segurança Troy Hunt afirmou que o hacker provavelmente conseguiu as senhas da conta da Apple. Posteriormente, ele teria acessado os dados dos usuários por meio do iCloud e mudado as configurações dos aparelhos.

Hunt observa que muitas pessoas usam a mesma senha em serviços diferentes. Por isso, um vazamento de senhas de um serviço qualquer pode ser usado para acessar contas de usuários em outros sites.

A Apple emitiu um breve comunicado sobre o assunto, reproduzido na ZDNet . A empresa apenas reconheceu o problema e recomendou que os usuários troquem suas senhas assim que possível, evitando usar senhas utilizadas em outros serviços. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.