Cerca de 90% de todos os smartphones têm chips projetados com tecnologia da ARM

Reuters

A britânica ARM, que projeta chips usados em quase todos os smartphones, afirmou que o crescimento anual do mercado de celulares inteligentes deve ser de 10% em média até 2018, com a maior parte da expansão sendo gerada por modelos de baixo custo vendidos em mercados emergentes.

LEIA MAIS: Venda de smartphones ultrapassa celulares comuns pela primeira vez

No período, o crescimento anual será de 17 % para aparelhos com preço abaixo de US$ 150, 14% para modelos entre US$ 150 e US$ 300 e de 4% para os que custarem acima de US$ 300, categoria que inclui o iPhone. A informação foi dada pelo presidente-executivo da ARM, Simon Segars.

"Estes modelos de baixo custo terão um grande impacto sobre o mercado", disse Segars. "Há smartphones agora que são vendidos por US$ 20 a US$ 25, o que é fenomenal", acrescentou.

Cerca de 90% de todos os smartphones têm chips projetados com tecnologia da ARM.

A empresa de pesquisa IDC projeta crescimento de 19,3% nas vendas mundiais de celulares inteligentes este ano e então uma desaceleração para 6,2% em 2018. No ano passado, o crescimento foi de 39,2%o, para mais de 1 bilhão de unidades pela primeira vez.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.