Android L foi mostrada nesta quarta-feira (25) durante o Google I/O

Android L é a nova versão do Android, ainda sem data de lançamento
Reprodução
Android L é a nova versão do Android, ainda sem data de lançamento

Começou nesta quarta-feira (25) a conferência para desenvolvedores do Google, chamada de Google I/O. A empresa aproveitou o evento para mostrar algumas das novidades da nova versão do Android, chamada de Android L. Uma versão de testes estará disponível para desenvolvedores ainda nesta quarta-feira. A versão final deve ser lançada até setembro.

LEIA TAMBÉM:
Android TV é novo sistema do Google para TVs inteligentes

O Android L traz muitas novidades no design. A nova versão trará discretas animações em botões, caixas de texto e outros elementos da tela. Ao pressionar um botão numérico para ligar para alguém, uma discreta animação indica que o botão foi pressionado. O Android L traz ainda discretas transições entre páginas web e aplicativos.

Outra novidade do Android L é um aplicativo para economizar bateria. Já existem vários apps desse tipo atualmente, mas a partir do Android L o sistema terá um app nativo para essa função. 

Digitar a senha para acessar o smartphone é um fardo para muita gente. Por isso, o Android L terá um mecanismo para, em algumas situações, destravar o aparelho sem o uso de senha. Caso o usuário esteja usando um relógio inteligente sincronizado com o smartphone, o celular não pedirá senha para desbloqueio.

Se o relógio estiver longe do celular, a senha volta a ser exigida. Esse desbloqueio sem senha é opcional, ou seja, o usuário poderá configurar o celular para sempre pedir a senha.

O processo é semelhante com chromebooks (notebooks com Chrome OS). Se o usuário estiver com seu celular e se aproximar do notebook, ele automaticamente será desbloqueado.

Outro recurso novo será a possibilidade de apagar completamente o conteúdo do celular ou tablet por meio da web. Assim, caso tenha seu celular roubado ou perdido, o usuário pode se certificar de que ele será completamente apagado e inutilizado.

O novo Android também virá com o Google Fit, um conjunto de ferramentas para desenvolvedores que permitirá ao celular capturar dados de atividades físicas, como quantidade de passos e batimento cardíaco. Alguns desses dados já podiam ser vistos no Android por meio de apps de terceiros, mas um mecanismo completo fornecido pelo próprio Google deve simplificar a integração entre smartphones e pulseiras e relógios inteligentes.

Veja fotos do Google I/O 2014

Android tem 1 bilhão de usuários

Durante o evento, o Google divulgou que o Android atualmente tem 1 bilhão de usuários. No segmento de tablets, o sistema também vem crescendo. Segundo números divulgados pelo Google, o sistema está presente em 62% dos tablets atualmente no mercado, valor superior aos 46% de mercado obtidos no ano passado.

Para popularizar ainda mais o sistema, o Google anunciou a iniciativa Android One. A ideia do Android One é permitir que os fabricantes produzam smartphones com Android a preço baixo e com boa qualidade. Os smartphones com o selo Android One sairão de fábrica com a versão pura do Android e serão atualizados automaticamente com novas versões. 

A iniciativa Android One começará na Índia, onde o Google anunciou parceria com três fabricantes. A empresa não divulgou informações sobre a expansão do programa para outros países.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.