COO da rede social, Sheryl Sandberg disse que empresa se comunicou mal

Sherly Sandberg, CCO do Facebook
Getty Images
Sherly Sandberg, CCO do Facebook

Número 2 do Facebook, Sheryl Sandberg, COO (Chief Operations Officer) da rede social disse ao The Wall Street Journal que o experimento psicológico com cerca de 700 mil usuários foi mal comunicado.

LEIA TAMBÉM: Facebook será investigado por realizar estudo psicológico sem aval de usuários

Segundo ela, o estudo era parte de um teste já em andamento que empresas fazem com produtos e que o Facebook comunicou mal a sua realização. De Nova Déli, na Índia, a executiva disse que a empresa se desculpava por essa comunicação e que nunca teve a intenção de incomodar os usuários.

A pesquisa foi realizada em colaboração com as universidades de Cornell e da Califórnia, em São Francisco. O experimento durou uma semana em 2012 e foi feito com 689 mil usuários da rede. De acordo com o relatório sobre o estudo, "a experiência manipulou o quanto as pessoas foram expostas a diferentes emoções em seu feed de notícias". A pesquisa descobriu que quanto mais histórias negativas os usuários recebiam, mas propensos ficavam a escrever um post negativo, e vice-versa.

A pesquisa tinha como objetivo avaliar se a exposição a diferentes emoções levava os internautas a mudar seus próprios comportamentos de postagem. O estudo foi criticado duramente por ter sido realizado sem o conhecimento ou aval dos usuários. O Escritório do Comissário de Informações (ICO, na sigla em inglês), órgão responsável por garantir a privacidade de informações sobre os cidadãos britânicos, informou que pretende questionar o Facebook sobre o estudo.

    Leia tudo sobre: facebook
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.