KizON envia relatórios de localização e faz ligações via 2G e 3G

Na Coreia do Sul, LG lança pulseira inteligente para pais monitorarem seus filhos
Divulgação
Na Coreia do Sul, LG lança pulseira inteligente para pais monitorarem seus filhos

Nesta quarta-feira (9), a LG anunciou uma pulseira inteligente para crianças, a KizON. O dispositivo foi desenvolvido para pais que desejam monitorar seus filhos que ainda estão na creche e/ou na escola primária. Com GPS e Wi-Fi integrado, o acessório informa em tempo real a localização das crianças no smartphone ou tablet dos adultos.

LEIA MAIS: Com ajuda de app, SmartBand monitora atividades físicas e nas redes sociais

Compatível com Android 4.1 ou superior, o KizON possui um recurso denominado One Step Direct Call que permite que os pais se comuniquem com seus filhos e vice-versa. Apertando o botão que leva o mesmo nome, as crianças também conseguem ligar para um número pré-configurado. E se a criança não atender ao chamado dos pais, a pulseira irá completar a ligação para que eles possam ouvir o filho por meio do microfone embutido.

Outra importante funcionalidade do dispositivo é a notificação de localização, que possibilita que os pais configurem a KizON para que ela envie alertas em determinados períodos do dia sobre as movimentações das crianças.

KizON chega a Coreia do Sul em três cores: azul, rosa e verde
Divulgação
KizON chega a Coreia do Sul em três cores: azul, rosa e verde

A KizON tem uma bateria que dura cerca de 36 horas e que avisa os pais, por smartphone ou tablet, quando está com apenas 25% de energia. O acessório é feito de um poliuretano eco-friendly (PTU), material resistente à água e a mancha. Em breve, a pulseira terá versões com personagens infantis, mas, por enquanto, pode ser encontrada nas cores azul, rosa e verde. O acessório tem 64 MB de memória e 125 MB de memória RAM, bateria de 400 mAh e funciona nas redes 2G e 3G.

A KizON será lançada no dia 10 de julho na Coreia do Sul e deve chegar a Europa e a América do Norte no final deste ano. Não previsão para o Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.