Facebook e Twitter analisam a migração dos torcedores depois que seu país foi eliminado da Copa do Mundo

Na rodada 16 da Copa do Mundo, o apoio ao Brasil vinha 90% do próprio País, 5% dos EUA e números minúsculos de outras nações
Divulgação
Na rodada 16 da Copa do Mundo, o apoio ao Brasil vinha 90% do próprio País, 5% dos EUA e números minúsculos de outras nações

O fato de a Seleção Brasileira estar fora da final da Copa do Mundo 2014 não significa que os brasileiros não terão para quem torcer. Gráficos divulgados pelo Twitter e pelo Facebook mostram que torcedores do mundo todo foram escolhendo diferentes lados para apoiar conforme a competição foi afunilando, e com o brasileiro não é diferente.

LEIA MAIS: Copa do Mundo 2014 será em HD, 4K só em 2022

O Facebook divulgou recentemente uma página com as informações que reuniu sobre a Copa do Mundo transformados em gráficos . Segundo comunicado, a equipe de dados analisou ​​quais equipes tiveram ou tem o suporte entre as pessoas em cada um dos 32 países participantes e, mais importante, como o apoio passou de uma equipe para a próxima, conforme as seleções foram eliminadas.

De acordo com o Facebook, na rede social, as pessoas expressaram seu apoio de diferentes maneiras: através do compartilhamento de que estavam assistindo a um determinado jogo e escolhiam uma das bandeiras das duas equipes em um post; através de uma votação online que aconteceu no Facebook globalmente no Trending da Copa do Mundo ; e pelo compartilhamento de menções de um time como o "Go Team EUA", "Vai Brasil" ou "Allez les bleus". O time do Facebook contou estas três expressões anônimas de apoio em todas as fases do torneio para depois separá-las pelo país de origem de quem respondeu ou postou.

A final no Facebook

No caminho para o jogo final entre Argentina e Alemanha, os dados atuais indicam uma tendência de suporte global a favor da Alemanha (55% - 45%). Argentinos, obviamente, apoiam a Argentina (95% - 5%), alemães apoiam a Alemanha (95% - 5%) e a Holanda inclina-se para a Alemanha e provavelmente contra a equipe que os venceu nas semifinais (81% de apoio para a Alemanha, 19% para a Argentina).

Os brasileiros podem apoiar seu rival regional ou a equipe que os venceu por 7-1. Neste caso, a rivalidade regional parece pesar mais na decisão: 71% dos brasileiros apoiam a Alemanha, 29% a Argentina. Nos EUA, as coisas estão divididas exatamente ao meio, com 50% de apoio para cada time.

Uma das maiores rivalidades no futebol da América do Sul está entre a Argentina e o Brasil. Enquanto todos os outros times latino-americanos receberam bastante apoio dentro da região, a Argentina e o Brasil parecem depender principalmente de seus próprios cidadãos para ter apoio, sendo o Brasil ainda mais extremo do que a Argentina.

Segundo dados do Facebook, o Brasil recebe 90% do seu apoio do próprio Brasil, 5% dos EUA e praticamente 0% de outros países da América Latina. A Argentina recebe 78% de apoio dos seus conterrâneos, 11% dos EUA, 4% do Brasil, 2% do México e pequenas partes de outros países. A Costa Rica é o país com o apoio mais espalhado por toda a região, com 49% dos seus torcedores vindos dos EUA, 17% da própria Costa Rica e uma boa propagação no resto da região.

Copa no Twitter

Na visualização proposta pelo Twitter , é possível ver, por exemplo, os países que mais mencionaram o Brasil e as seleções mais comentadas pelos brasileiros na rede social. Os dados foram registrados a partir das hashflags – hashtag que se transforma em bandeira – adotada para cada uma das 32 seleções.

No gráfico, basta o usuário clicar na hashflag do time que deseja explorar mais informações, como: quais países que também competiram na Copa do Mundo estavam falando mais sobre aquela seleção; quais outras seleções foram mais discutidas naquele país; como a conversa naquele país mudou com o passar do tempo, especialmente depois que sua seleção foi eliminada.

Também é possível ver os países mais comentados pelos brasileiros a cada dia da competição. Independente dos rivais, os dados mostram que a maior parte dos torcedores continua acompanhando a Copa do Mundo com fervor. De acordo com os dados reunidos, o #BRA (Brasil) foi amplamente discutida entre os torcedores no #CHI (Chile) e no #MEX (México), enquanto os brasileiros estavam prestando bastante atenção em seu adversário da semifinal, a #GER (Alemanha), seu arquirrival #ARG (Argentina) e a companheira semifinalista #NED (Holanda), que acabou ficando com o terceiro lugar.


    Leia tudo sobre: facebook
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.