Empresa aumentará quantidade de notificações enviadas a seus usuários

No último domingo, o vazamento de fotos íntimas da atriz Jennifer Lawrence e de outras famosas preocupou usuários da Apple. Em todos os casos, as fotos foram acessadas a partir do iCloud, serviço da empresa que faz cópia de segurança de fotos armazenadas em iPhones, iPads e Macs.

LEIA TAMBÉM:
Como proteger fotos íntimas no PC e no smartphone

Jennifer Lawrence teve fotos vazadas na web
Marc Piasecki / Wire Image
Jennifer Lawrence teve fotos vazadas na web

Segundo a Apple, em nenhum caso houve falha de segurança do iCloud . Após investigar o incidente, a empresa afirmou que os hackers acessaram as fotos como um usuário comum, após terem obtido e-mails e senhas das vítimas e respondido as perguntas de segurança corretamente. 

Ainda assim, a empresa vai criar novas medidas de segurança para o iCloud. Em entrevista ao Wall Street Journal , o CEO da Apple, Tim Cook, afirmou que a empresa vai aumentar o número de avisos a seus clientes sobre atividades no iCloud. 

A empresa enviará notificações aos usuários sempre que alguém tentar transferir dados do iCloud para um novo dispositivo. Atualmente, a empresa envia notificações apenas quando há tentativa de mudança de senha ou quando um novo dispositivo acessa uma conta pela primeira vez. As novas medidas entrarão em efeito nas próximas duas semanas.

Mais medidas

Além disso, a Apple vai ampliar a divulgação de seu sistema de autenticação em duas fases. Também usado por empresas como Google e Microsoft, esse sistema exige, além da senha, um código enviado para o usuário na hora do acesso ao serviço. 

Sistemas de autenticação em duas fases já existem há alguns anos, mas ainda são pouco usados. Muitas pessoas desconhecem os serviços e outras acham o sistema complicado de usar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.