Tecnologia de luzes da Philips é um dos diferenciais da marca

Ambilight: luzes de LED na traseira das TVs da Philips que ampliam a imagem
Emily Canto Nunes/iG
Ambilight: luzes de LED na traseira das TVs da Philips que ampliam a imagem

Criada há mais de uma década, em 2002, a tecnologia Ambilight mostrou na IFA 2014 porque pode se tornar o principal diferencial das TVs da Philips num futuro bem próximo.

Em uma apresentação comandada por Nico Vernieuwe, executivo da TP Vision (empresa que fabrica os produtos da marca Philips), o público pôde ver as luzes de LED na traseira de uma televisão serem transformadas em projetor. Desta vez, não foram apenas as cores da imagem que ganharam a parede atrás da TV, mas também suas formas e seus movimentos.

LEIA MAIS: Philips aposta em TVs com Android

Atualmente, existem três tipos de Ambilight: em dois lados, isto é, nas laterais das TVs, em três lados, nas laterais e na parte superior, e nos quatro lados, com as luzes de LED contornando toda a parte traseira dos aparelhos. Mesmo presente em grande parte do portfólio da marca, a tecnologia ainda é pouco conhecida pelo público brasileiro.

No entanto, segundo Luis Bianchi, gerente de marketing de Smart TVs, quem experimenta o Ambilight reconhece seu potencial. Em uma TV de 55 polegadas, por exemplo, as luzes de LED na traseira proporcionam uma sensação de maior amplitude da imagem que se equipara a de uma TV de 65 polegadas. De acordo com a Philips, o Ambilight melhora a percepção do contraste, da cor e dos detalhes. Além disso, a tecnologia reduz o esforço visual de 60% a 90%.

Veja em fotos outras novidades da IFA 2014:

Apesar de ser constantemente demonstrada em uma parede branca, como na própria IFA, as cores do efeito Ambilight podem ser ajustadas de acordo com a cor da parede. Além disso, existem oito opções de estilo de Ambilight para o usuário escolher na TV, regulagem de luminosidade e de saturação, e ainda a opção de ajustar as luzes para que elas permanecem ligadas mesmo quando a TV está desligada, transformando o aparelho em um item decorativo. Vale lembrar que a tecnologia também funciona de forma combinada com a Hue, a lâmpada inteligente da Philips .

De acordo com Bianchi, a tecnologia por trás do Ambilight é muito mais do que luzes de LED. Existe toda uma programação de software que faz com que essas luzes expandam as cores da imagem de forma inteligente. E, segundo Vernieuwe, a demonstração feita no palco da IFA 2014 não é só um protótipo. Um Ambilight que projete imagens na parede, levando a imagem da TV para além das suas bordas, com cor, formas e movimento, já existe e deve se tornar uma realidade: "a questão não é como vamos lançar, mas quando", disse, sem revelar maiores detalhes.

*A jornalista viajou a convite da Philips.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.