Número de usuários afetados, no entanto, deve ser bem menor do que o total de senhas vazadas

Cerca de 5 milhões de logins e senhas de usuários do Gmail foram publicadas nesta semana em um fórum hospedado na Rússia sobre a moeda virtual Bitcoin. O número total de usuários afetados pelo vazamento, no entanto, deve ser bem menor do que o total de senhas vazadas. 

LEIA MAIS:
7 dicas para criar senhas mais seguras

Segundo o TheNextWeb , poucas horas após o vazamento, administradores do fórum teriam apagado as senhas, deixando apenas os logins. Além disso, o usuário do fórum que publicou o arquivo afirmou que apenas 60% das senhas seriam válidas e ainda estariam funcionando. Outro fator que diminui o número de usuários afetados é que muitos logins pertenciam a contas suspensas ou duplicadas.

Ao TheNextWeb, o Google afirmou que não houve falha nos servidores do Gmail e que os hackers usaram táticas comuns de engenharia social e vírus para obter as senhas das vítimas. Vale destacar ainda que o Gmail tem mais de 400 milhões de usuários, e a brecha afetaria menos de 1% do total. O TheNextWeb afirma ainda que os dados vazados eram principalmente de usuários de contas idiomas inglês, espanhol e russo. 

FOTOS: data centers do Google pelo mundo


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.