Além da França, a Netflix está se expandindo para a Alemanha, Áustria, Suíça, Bélgica e Luxemburgo ainda neste mês

Reuters

Aos poucos, Netflix chega a Europa, mercado muito maior que os Estados Unidos
J. Emilio Flores/NYT - 23.2.12
Aos poucos, Netflix chega a Europa, mercado muito maior que os Estados Unidos

A Netflix lançou seu serviço de streaming de vídeo na França nesta segunda-feira (15) e se juntou à Bouygues para oferecer seu conteúdo nos decodificadores da terceira maior operadora de telecomunicações do país.

LEIA MAIS: Conheça a sede do Netflix, maior serviço de vídeo por assinatura do mundo

Em um comunicado, a Netflix disse que as assinaturas mensais iriam começar em 7,99 euros (US$ 10,35 dólares e cerca de R$ 25) e dariam acesso a filmes, séries e documentários em televisão e computadores, mas também em tablets, smartphones e consoles de jogos.

A Bouygues Telecom disse em um comunicado à parte que iria oferecer acesso aos serviços da Netflix nos televisores de seus clientes a partir de novembro. A empresa é a primeira operadora francesa a fazê-lo.

A operadora de TV por assinatura Canal Plus, de propriedade da Vivendi, já lançou seu serviço de streaming de vídeo próprio para diminuir o impacto da chegada da Netflix. A Orange, maior empresa de telecomunicações da França, também foi pelo mesmo caminho, dizendo em julho que não iria promover a Netflix quando esta fosse lançada.

Além da França, a Netflix está se expandindo para a Alemanha, Áustria, Suíça, Bélgica e Luxemburgo neste mês, levando seu mercado internacional para mais de 180 milhões de domicílios com banda larga, o dobro do atual mercado norte-americano.

Em um esforço para adaptar os serviços ao gosto francês, a Netflix planeja produzir uma série original na França, chamada de "Marseille", um thriller político na cidade portuária do sul. A companhia também comprou os direitos de um desenho animado infantil francês chamado Wakfu, criado pelo estúdio independente Ankama no norte da França.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.