Versão para crianças do tablet Fire e novo sistema operacional também são destaque

Na quarta-feira (17), a Amazon mostrou, mais uma vez, que está mesmo interessada em se tornar uma empresa de hardware ao lançar seis novos dispositivos, alguns novos, outros apenas modernizados. Dentre os destaques, estão um e-reader de ponta chamado Kindle Voyage, de US$ 199 (cerca de R$ 470), e o tablet com tecnologia touch-screen mais barato que a empresa já lançou, o Fire HD 6 por US$ 99 (R$ 235). Segundo comunicado, todos os dispositivos começam a ser vendidos em outubro, mas ainda sem previsão de chegada no Brasil.

LEIA MAIS: Smartphone da Amazon, Fire Phone reconhece 70 milhões de objetos

Segundo a Reuters, a expansão da linha Kindle reforça o compromisso do presidente-executivo da companhia, Jeff Bezos, de desenvolver dispositivos como forma de manter os usuários e reforçar seu negócio principal de varejo e compras.

O Kindle Voyage é a versão mais fina de toda a história do dispositivo: tem apenas 7,6 mm, pesa 180 gramas e tem tela de 6 polegadas. Além disso, ele está mais resistente graças ao seu novo vidro embutido e à traseira de magnésio. O Voyage trás também a nova versão da tecnologia de display chamada Paperwhite que, segundo a empresa, tem mais resolução, mais contraste e 39% mais brilho. A luz frontal adaptativa está mais inteligente, sendo capaz de se ajustar automaticamente a luz ambiente e fazer transações sutis. O 3G grátis, presente em versões anteriores, também estará no Kindle Voyage.

A maior varejista online dos Estados Unidos também reformulou seu e-reader básico Kindle para incluir uma tela com sensibilidade ao toque. Ele vai custar US$ 79 (R$ 185), cerca de 15% a mais que o modelo básico atual. De acordo com a Amazon, ele está 20% mais rápido que a versão anterior e trás o dobro de memória de armazenamento.

Jornalista mostra versão do Fire HD para crianças em evento
REUTERS/Brendan McDermid
Jornalista mostra versão do Fire HD para crianças em evento

Tablets de todos os tipos e para todas as idades

O Fire HD, divulgado como o tablet mais barato da empresa, chega em duas versões: 6 polegadas, que de fato custa menos do que US$ 100, US$ 99 para ser mais exato, e o de 7 polegadas, que será vendido por US$ 139 (R$ 330). Ambos vem com processador quad-core 1.5 GHz, câmera traseira e frontal e tela HD de um milhão de pixels. A tela é de Gorilla Glass e ambos os tamanhos estarão disponíveis nas cores preto, branco, azul, verde e rosa. A duração da bateria é estimada em oito horas.

Outros dispositivos revelados são o tablet Kindle Fire HDX e um tablet projetado para crianças. O novo tablet Fire HDX da Amazon tem tela de 8,9 polegadas, processador quad-core de 2,5 GHz conectividade Wi-Fi e uma versão que também trará 4G. Segundo a própria Amazon, seu tablet de 374 gramas é mais leve do que o iPad Air e sonoramente mais potente graças ao sistema Dolby Atmos. Ao mercado norte-americano, ele chega por US$ 379 (R$ 900) na versão Wi-Fi e por R$ 479 (R$ 1,130) na versão 4G. A Amazon também atualizou seus tablets Fire de 7 e 8,9 polegadas.

Já o tablet projetado para crianças chama Fire HD Kids Edition e será comercializado em duas versões, uma de 6 polegadas por US$ 149 (R$ 350) e uma de 7 polegadas por US$ 189 (R$ 450). Os dispositivos já estão em pré-venda e oferecem dois anos de garantia. Em termos de hardware, os tablets trazem processador quad-core, display HD, câmera frontal e traseira.

Sistema operacional chega à quarta versão: Sangria

Outra novidade anunciada pela Amazon é sua quarta versão do seu sistema operacional, o Fire OS 4, codinome Sangria. De acordo com a empresa, a atualização do software integra melhor conteúdo e computação em nuvem e permite a criação de diferentes perfis em um mesmo dispositivo. 

Baseado no Android KitKat, o Fire OS inclui o Advanced Streaming e Prediction, chamado de ASAP, funcionalidade que prevê os filmes e episódios de TV que o usuário vai querer assistir, e também Smart Suspender, que cria um perfil específico para quando o tablet não está em uso que desliga o WiFi para entregar até 25% mais de vida útil para a bateria.

De acordo com a Amazon, o Fire OS 4 estará disponível em todos os tablets de quarta e de terceira geração através de uma atualização e chega no próximo ano. 

*Com informações da Reuters.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.