A Índia é o país com o maior número de deficientes visuais no mundo - são cerca de 12 milhões de pessoas

BBC

Sensor na bengala emite uma vibração ao usuário ao detectar objetos ou pessoas no caminho
BBC Brasil
Sensor na bengala emite uma vibração ao usuário ao detectar objetos ou pessoas no caminho

Cientistas do Instituto Indiano de Tecnologia de Nova Déli desenvolveram uma bengala inteligente para cegos que vibra ao detectar objetos e pessoas, ajudando a evitar que os usuários tropecem ao caminhar.

A Índia é o país com o maior número de deficientes visuais no mundo - são cerca de 12 milhões de pessoas.

Muitos não podem comprar equipamentos sofisticados, que podem chegar a R$ 2,3 mil. Esta nova bengala pode ser comprada por R$ 120.

O sensor que identifica objetos pode ser acoplado a qualquer bengala e pode ser trocado de uma para a outra.

Cerca de 1,5 mil bengalas inteligentes já estão sendo usadas na Índia.

A invenção tem dado mais autonomia a deficientes visuais como a professora Bahrti Kalra. Sem nenhuma visão, ela só conseguia chegar à sala de aula onde trabalha se recebesse ajuda.

Agora, com a nova bengala, ela se sente mais independente.

"Mesmo quando eu não estou sozinha, eu me sinto mais segura. Eu ando mais rápido", conta ela. "E eu dependo menos dos meus pais e dos outros".


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.