Diversas celebridades, incluindo as atrizes Jennifer Lawrence e Mary Elizabeth Winstead e a modelo Kate Upton, tiveram suas fotos roubadas e postadas na internet

Reuters

Jennifer Lawrence teve fotos suas expostas
Reprodução
Jennifer Lawrence teve fotos suas expostas

Um advogado que representa cerca de uma dúzia de celebridades que tiveram fotos privadas divulgadas por hackers ameaçou processar o Google por falhar em retirar essas fotos da Internet, de acordo com reportagens.

LEIA MAIS: Após vazamento de fotos de celebridades, Apple aumentará segurança do iCloud

Martin Singer, um advogado da indústria de entretenimento, disse em uma carta na quarta-feira que o Google "está faturando milhões com a vitimização das mulheres" e poderia estar sujeito a pagar US$ 100 milhões em danos, publicou o jornal New York Post. A carta não diz quais celebridades o advogado representa.

Singer não esteve imediatamente disponível para confirmar a carta e o Google não respondeu imediatamente os pedidos de comentário.

De acordo com a reportagem, Singer disse ter enviado ao Google diversas notificações de violação da Lei Digital Millennium Copyright, que exige que os fornecedores de serviços de Internet removam, a pedido, materiais protegidos por direitos autorais.

Ele disse que enquanto outros sites, como o Twitter, colaboraram com o pedido e removeram as fotos, o Google ainda as exibia nos seus resultados de busca e hospedava o material em seus sites Youtube e Blogspot.

Diversas celebridades, incluindo as atrizes Jennifer Lawrence e Mary Elizabeth Winstead e a modelo Kate Upton, tiveram suas fotos, que estavam armazenadas em contas no iCloud, da Apple, roubadas e postadas na internet.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.