Aplicativo muda a forma de lidar com e-mails; inicialmente, acesso é restrito a quem receber convite do Google

O Google apresentou nesta quarta-feira (22) o Inbox, seu novo app de e-mail com versão web e aplicativos para Android e iPhone. Ele deve substituir o aplicativo do Gmail em smartphones nos próximos meses.

Inbox muda a forma de lidar com o e-mail
Divulgação
Inbox muda a forma de lidar com o e-mail

Segundo o Google, o Inbox é uma evolução do conceito de aplicativo de e-mail, particularmente voltado para quem recebe muitos e-mails por dia.

A ideia do Inbox é automatizar algumas tarefas e facilitar a vida de quem tem que ler dezenas de e-mails por dia. Entre as principais novidades do Inbox estão:

- Bundles: uma evolução das atuais categorias do Gmail, esse recurso agrupa em uma só linha mensagens similares, como comprovantes bancários, reservas de hoteis e passagens e comprovantes de compra em sites.

Com essa separação, fica mais fácil para o usuário consultar todos esses e-mails e descartá-los de uma só vez, segundo o Google.

- Highlights: o Inbox destaca visualmente o conteúdo mais importante de um e-mail. Em uma mensagem sobre algum evento, por exemplo, local e horário aparecerão em destaque, fora do texto padrão do e-mail. Em alguns casos, o Inbox exibirá até mesmo informações úteis que estão fora da mensagem, como informações em tempo real de voos e envio de pacotes. 

- Lembretes: além de lidar com o e-mail, o Inbox também funciona como um aplicativo de anotações rápidas. Ele permite criar lembretes para tarefas comuns, com horário marcado. Caso o usuário esteja sem tempo para ler uma mensagem, o Inbox tem um recurso que pode reexibir a mensagem no horário ou local desejado.

Em sua fase inicial, o acesso ao Inbox será restrito. O Google enviará convites para seus usuários, e quem receber um convite poderá convidar amigos. 

VEJA TAMBÉM: celulares de tela grande atualmente no mercado


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.