O aplicativo está disponível para Android, mas a expectativa é que sejam criadas versões para iOS e Windows Phone

Disponível para Android, aplicativo Sinesp Cidadão dá acesso a informações de pessoas desaparecidas, veículos roubados e mandados de prisão em aberto
Sinesp Cidadão, carros, placas, desaparecidos
Disponível para Android, aplicativo Sinesp Cidadão dá acesso a informações de pessoas desaparecidas, veículos roubados e mandados de prisão em aberto

Recentemente, o aplicativo Sinesp Cidadão ganhou mais um módulo: a partir de agora, o programa também dá acesso a informações de pessoas desaparecidas. Idealizado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP), órgão do Ministério da Justiça, e desenvolvido com o Serviço Federal de Processamento de Dados (SERPRO), o Sinesp Cidadão já possibilita que a população verifique informações sobre veículos roubados e mandados de prisão em aberto. 

A partir desta consulta, é possível que qualquer cidadão brasileiro verifique se há registros de roubo dos veículos consultados e ainda se o mesmo é um veículo clonado. Após instalar o aplicativo, basta digitar a placa para saber a situação do veículo. Em caso afirmativo para o registro de roubo, aparecerá a informação destacada em vermelho. Em caso de clonagem de placa o usuário deve observar no resultado da consulta, se as informações referente a marca / modelo / cor conferem com o veículo cuja a placa foi consultada.

Nos dois casos, o cidadão deve entrar em contato com a polícia para fazer a denúncia. Com a ajuda do aplicativo, a polícia já localizou 87 mil veículos roubados e prendeu 4 mil pessoas que estavam foragidas.

LEIA TAMBÉM: Aplicativo da Anatel monitora qualidade das operadoras

Em sua nova versão, o app traz dados sobre 4 mil desaparecidos. Segundo o texto da assessoria, a ideia é que, com ajuda da tecnologia, mais cidadãos possam ajudar, sem correr riscos, os órgãos de segurança pública.

As informações contidas no aplicativo correspondem, inicialmente, aos estados do Espírito Santo, de Santa Catarina e Sergipe, que já integram a cooperação com o governo federal. O Rio de Janeiro está em fase de integração, enquanto Bahia e São Paulo estão definindo a tramitação para assinatura e disponibilização das informações.

O aplicativo está disponível para Android, na Google Play. A expectativa é de que até o fim deste ano, 11 estados façam parte do projeto e sejam criadas as versões do aplicativo para IOS e Windows Phone.

MAIS: Veja outros aplicativos que já foram destaque no App do dia:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.