Autenticação com chave física usa dispositivo similar a um pen drive

O Google anunciou nesta quinta-feira (22) que seus serviços passarão a suportar uma camada extra de segurança, na forma de um dispositivo físico. Na prática, isso quer dizer que os usuários poderão usar um dispositivo USB similar a um pen drive, além da senha, para acessar o Gmail e outros serviços da empresa.

LEIA TAMBÉM:
Com aumento de crimes digitais, manter senha segura é desafio cada vez maior

Dispositivo em forma de pen drive aumenta segurança dos serviços do Google
Divulgação
Dispositivo em forma de pen drive aumenta segurança dos serviços do Google

Para usar a chave de segurança, a primeira providência é habilitar a verificação em duas etapas nos serviços do Google.

No modo padrão, essa verificação exige, além da senha, um código enviado para o celular no momento do login. Assim, mesmo que alguém tenha a sua senha, não poderá acessar os serviços do Google. 

Com o novo suporte à chave de segurança, o usuário pode optar por usar um dispositivo USB similar a um pen drive em vez da senha pelo celular. Assim, ao fazer o login no Gmail, o usuário tem que inserir sua senha e encaixar o pen drive na porta USB do computador para acessar o serviço. Como observa o Google em sua página de suporte , a chave de segurança não tem bateria, não depende de conexão e é mais fácil de carregar do que um celular. 

VEJA TAMBÉM: 7 dicas para criar uma senha segura

Ainda há poucas chaves de segurança no mercado. Quem quiser adquirir uma tem que procurar por chaves do padrão FIDO Universal 2nd Factor (U2F). 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.