A Microsoft concluiu em abril seu negócio para comprar por US$ 7,2 bilhões a divisão de celulares da Nokia

Reuters

Lumia 535 tem câmera frontal com lente grande angular de 5 megapixels e uma câmera traseira com flash também de 5 megapixels
Divulgação
Lumia 535 tem câmera frontal com lente grande angular de 5 megapixels e uma câmera traseira com flash também de 5 megapixels

A Microsoft disse que lançará o smartphone Lumia 535 este mês com um preço acessível em seus principais mercados, abandonando o nome Nokia para o aparelho alguns meses depois de ter comprado a divisão de celulares da empresa finlandesa.

LEIA MAIS: Microsoft aposta na computação quântica como próximo salto tecnológico

Carregado com o mais recente sistema operacional da companhia, o Windows Phone 8.1, o Lumia 535 e o Lumia 535 dual SIM serão vendidos por cerca de 110 euros (cerca de US$137 dólares) antes de impostos e subsídios, disse a Microsoft em um comunicado. O Lumia 535 Dual SIM estará disponível para alguns mercados já a partir de novembro. Ainda não se sabe se o Brasil está incluso nessa lista.

O telefone contará com uma câmera frontal grande angular de 5 megapixels e uma tela QHD de 5 polegadas, disse a empresa. "O Lumia 535 vem com a nossa proposta ‘5x5x5’", disse Jo Harlow, vice-presidente corporativa para smartphones daMicrosoft. "A inovação deve estar disponível para todos e estamos fazendo isso por meio dos serviços gratuitos e muito melhor integrados da Microsoft, a câmera de 5 megapixels com lente grande angular e uma espaçosa tela qHD de 5 polegadas – tudo isso a um preço acessível.”

Os smartphones com sistema do Windows, compostos em sua maior parte pelos Lumias, responderam por apenas 2,7% do mercado global de smartphones no segundo trimestre, uma queda ante os 3,8% um ano antes, segundo a empresa de pesquisa Strategy Analytics.

A Microsoft concluiu em abril seu negócio para comprar por US$ 7,2 bilhões a divisão de celulares da Nokia. A Nokia segue como uma companhia de redes, mapeamento e tecnologia de licenciamento. Ela detém e gere a marca Nokia e a licencia apenas para a Microsoft.

A Microsoft havia dito no passado que planejava licenciar a marca Nokia para seus telefones celulares de baixo custo por 10 anos, usando o nome em seus smartphones apenas por um tempo "limitado", sem especificar esse prazo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.